23 fevereiro, 2024

Últimas:

João Carreiro passou 12 horas em cirurgia para colocar válvula antes de morrer: ‘foi uma fatalidade’, diz diretor do hospital

Cantor João Carreiro passou 12 horas em cirurgia cardíaca antes de morrer na noite de quarta-feira (3), em Campo Grande (MS), aos 41 anos, afirmou o diretor do Hospital do Coração, Jandir Gomes, onde o artista estava internado. Apesar de não ser o especialista que operou o artista ele caracterizou a morte como uma fatalidade.

“Foi uma fatalidade, infelizmente o João entrou pra estatística de cerca de 3% de pacientes que morrem em cirurgias cardíacas”, relatou.

João Carreiro tinha um prolapso no coração. (Foto: Reprodução/Instagram)

Em coletiva de imprensa, o diretor do hospital disse que a morte foi ocasionada por mais de uma causa. Ele tinha uma condição cardíaca chamada de prolapso da válvula mitral (PVM). Segundo o especialista, o anel da válvula mitral do artista estava calcificada e ele tinha um prolapso com uma degeneração que pode ter acontecido durante anos.

Diretor do hospital Jandir Gomes. (Foto: Maressa Mendonça/TV Morena)

“A maior parte dos casos de prolapso nas pessoas é assintomático. Prolapso é um afrouxamento da válvula (do coração), que até de 10% da população têm e precisa tratar. No caso do João, pode ter sido um problema desde a infância, que foi evoluindo ao longo da vida. Ele tinha um prolapso, que é uma doença estrutural no coração. O coração dele já não era normal, o órgão já tinha uma dilatação fora do comum”, explicou o diretor do hospital, Jandir Gomes.

Segundo o diretor do hospital, João também teve febre reumática, que afeta a válvula do coração. Depois das 12 horas de cirurgia, o coração do cantor teve uma falência e não conseguiu retomar os batimentos normais.

De acordo com Jandir, a falência não deve ser confundida com uma parada cardíaca.

Carreira

Natural de Cuiabá (MT), o sertanejo ficou nacionalmente conhecido por participar da dupla “João Carreiro e Capataz”, que fez muito sucesso durante a década de 2000.

Em 2009, a música “Bruto, Rústico e Sistemático” fez parte da trilha sonora da novela Paraíso, da TV Globo.

Em 2014, a dupla se separou, e João Carreiro seguiu carreira solo. Em dezembro de 2023, o cantor lançou as gravações de duas músicas: “Meu Avô” e “A Coroa É Meu Chapéu”.

Na virada do ano, João Carreiro se apresentou na cidade de Pedra Preta (MT), última vez que subiu ao palco.

Homenagens

A filha do sertanejo, Caru Corrêa, se despediu do pai em um post nas redes sociais. Emocionada, a jovem lembrou dos momentos que viveu junto ao pai.

“Cê sempre foi minha pessoa favorita e eu espero que mesmo sendo tarde, você descubra isso. Sei que eu nunca fui muito de demonstrar, mas todos os passeios de carro em que você viu se eu tinha acertado as notas e me deu bronca por fazer a oitava são especiais pra mim. Guardarei pra sempre você em mim. Eu te amo infinitamente pai”.

Post foi compartilhado nas redes sociais. (Foto: Redes sociais/Reprodução)

Durante o velório na Câmara Municipal de Campo Grande (MS), a mãe de João Carreiro, Eteuvânia Reis, comentou sobre a partida do filho e como ele era uma pessoa amada por todos que estavam ao entorno.

“Todas as pessoas só falam que o João é uma pessoa maravilhosa. E ele é uma pessoa maravilhosa. Um filho maravilhoso. Um irmão maravilhoso. Um neto maravilhoso. Um tio maravilhoso. Um pai maravilhoso. Um amigo que ama os amigos. Companheiro de todos os companheiros. Pregador da conciliação. Da alegria. Então, passou aqui. E deixou essa semente. Da conciliação. Do amor. Da alegria. E da poesia. Eu te amo meu filho. Eu te amo e sou mãe”, expressou Eteuvânia.

Capataz, companheiro de dupla de João Carreiro, publicou uma homenagem ao cantor. No Instagram, ele postou uma série de fotos dos dois no início de carreira.

“Recebi esta notícia triste ao lado da minha filha, ela hoje com 21 anos, lembro quando começamos, (ela na barriga da mãe), chorou ao meu lado … Ninguém, além de nós, saberemos o que vivemos … Deus sabe o meu coração … Vá em paz, João. Deus conforte sua família e te receba de braços abertos”.

A cantora Ana Castela publicou uma mensagem lamentando a morte de João Carreiro e fez uma referência a um show que ele fez em Sete Quedas (MS), no dia 30 de dezembro.

“Obrigada, João, por você ter ido até minha cidade alegrar todo mundo nesse final de ano. Deus sabe de tudo, e ele te queria com ele.

A dupla Maiara e Maraisa disse que recebeu com muita tristeza a notícia da morte de João Carreiro.

“Sua música é seu legado, o sertanejo sua bandeira e sua voz sua identidade.”

Fonte: G1

Últimas

ACG Home Care inaugura franquia na cidade de São Paulo

ACG Home Care inaugura franquia na cidade de São Paulo

23/02/2024

Mais de 330 mil pessoas na região da Aclimação, Sé e Liberdade serão beneficiadas pelos serviços...

Categorias