Israel pede ajuda estrangeira para combater incêndios perto de Jerusalém

Israel está buscando ajuda internacional para combater incêndios florestais perto de Jerusalém que obrigam centenas de pessoas a se retirarem e lançam nuvens de fumaça sobre a cidade, disse o Ministério das Relações Exteriores nesta segunda-feira.

Aviões e equipes combateram as chamas pelo segundo dia enquanto ventos fortes e um calor seco auxiliavam seu alastramento em colinas arborizadas cerca de 10 quilômetros a oeste de Jerusalém. Médicos disseram que algumas pessoas foram tratadas de inalação de fumaça, mas não relataram nenhum ferimento grave.

A Autoridade de Incêndios e Resgate de Israel disse que 75 equipes e 10 aviões estão enfrentando o fogo, que o ministro de Segurança Interna do país disse já ter consumido ao menos 17 mil hectares. Várias comunidades situadas nas colinas foram esvaziadas.

O chanceler Yair Lapid contatou nesta segunda-feira sua contraparte da Grécia, também assolada por incêndios florestais no momento, e pediu apoio aéreo para ajudar a apagar o fogo perto de Jerusalém, informou a chancelaria em um comunicado.

Já o chanceler grego, Nikos Dendias, disse que seu país “ajudará tanto quanto puder”, segundo o comunicado.

Israel também está pedindo auxílio do Chipre, Itália, França e outros, acrescentou o comunicado.

Mais cedo, o comissário da Autoridade de Incêndios e Resgate de Israel anunciou uma mobilização geral de efetivos para ajudar no combate às chamas.

Fonte: Yahoo!

Scroll Up