01 março, 2024

Últimas:

‘Ingenuidade fez dele vítima’, diz filha de idoso encontrado morto; suspeito foi preso por latrocínio

Anúncios

A família do idoso de 71 anos encontrado morto em um córrego na zona rural de Itapetininga (SP) pede justiça enquanto vive o luto pelo assassinato do parente. Uma de suas três filhas lamentou o crime após um dos suspeitos ser preso na terça-feira (6).

O corpo do aposentado Florival Brisola de Campos foi encontrado 16 dias após desaparecer, em 8 de novembro. À época, a família registrou um boletim de ocorrência depois de encontrar o carro dele, em um ribeirão no bairro Pederneiras, localizado entre Tatuí e Quadra (SP).

Anúncios

Florival Brisola de Campos foi encontrado morto em Itapetininga (SP) — Foto: Arquivo Pessoal
Florival Brisola de Campos foi encontrado morto em Itapetininga (SP) (Foto: Arquivo Pessoal)

Uma de suas filhas, a autônoma Rafaela Brisola de Campos, relata a dificuldade em compreender o que ocorreu com seu pai. “Eu não sei muito o que dizer ou pensar. Está sendo difícil aceitar a realidade, mas pelo menos sabemos que os culpados vão responder pela crueldade que fizeram. Espero que fiquem por muito tempo na cadeia.”

Família fez buscas por pai, que desapareceu em novembro, em Itapetininga (SP) — Foto: Rafaela Brisola/Arquivo pessoal
Família fez buscas por pai, que desapareceu em novembro, em Itapetininga (SP) (Foto: Rafaela Brisola/Arquivo pessoal)

Segundo Rafaela, Florival tinha ido compar uma pizza no dia em que desapareceu. “Ele, assim como outras pessoas ‘de idade’, era muito ingênuo. Andava com dinheiro, deixava a carteira à mostra e conversava com todo mundo”, relembra.

Anúncios

A investigação, comandada pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG), apontou que o idoso foi assassinado por dois homens.

“A ingenuidade fez dele uma vítima. Esses dois criminosos se aproveitaram disso”, relata Rafaela.

Corpo de Floriano foi encontrado na zona rural de Itapetininga, 16 dias após desaparecimento  — Foto: Rafaela Brisola/Arquivo pessoal
Corpo de Floriano foi encontrado na zona rural de Itapetininga, 16 dias após desaparecimento (Foto: Rafaela Brisola/Arquivo pessoal)

Corpo encontrado no dia de aniversário

No dia 24 de novembro, a Polícia Civil encontrou o corpo de Florival em um córrego no Bairro do Rincão, em Itapetininga. “Nunca perdemos a esperança. A gente tinha fé que ele seria encontrado. E foi, mas não do jeito que esperávamos”, lamenta a filha, de 35 anos.

Neste dia em que foi encontrado, Florival completaria 72 anos, revela Rafaela. “Uma data, que antes era repleta de alegria, agora se tornou o pior dia na minha vida.”

Suspeitos identificados

Um dos suspeitos ainda não se apresentou à polícia. A família dele recebeu a notificação da prisão temporária e ele deve se apresentar à polícia, caso contrário, será considerado foragido.

Suspeito deve ser indiciado por latrocínio — Foto: Polícia Civil/Divulgação
Suspeito deve ser indiciado por latrocínio (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

“Ainda não sabemos como será o andamento do processo. Ainda estou tentando retirar o carro do meu pai do pátio. O importante é que os responsáveis já foram localizados e vão responder. Se a justiça dos homens não funcionar, a de Deus não falha.”

“Eles tiraram a vida do meu pai, destruíram a data de aniversário dele e nem deixaram a gente se despedir. Por conta do estado em que o corpo foi encontrado, meu pai saiu do IML para o cemitério. Foi muito breve”, finaliza Rafaela.

Fonte: G1

Últimas

Líderes do mercado de bem-estar unem forças: The DRIPBaR reforçado pela REVIV

01/03/2024

Anúncios The DRIPBaR, reconhecida como a franquia de terapia intravenosa de crescimento mais rápido nos Estados...

Categorias