Incêndio em navio de carga expele gás tóxico na costa do Canadá

A Guarda Costeira retirou 16 pessoas de um navio de carga em chamas que está expelindo gás tóxico na costa do Canadá no Oceano Pacífico.

O incêndio começou no sábado (23) em contêineres em um navio de carga que transportava produtos químicos de mineração.

A Guarda Costeira canadense disse que está trabalhando com a Guarda Costeira dos EUA para avaliar a situação, incluindo riscos ambientais.

As autoridades anunciaram neste domingo (24) que não há risco de segurança para as pessoas na costa.

“Não há relatos de feridos”, disse a Danaos Shipping Co, empresa que administra o navio porta-contêineres, em comunicado à Reuters neste domingo (24).

Incêndio no navio porta-contêineres Zim Kingston nas águas da costa da Colúmbia Britânica no sábado  — Foto: Canadian Coast Guard/Handout via Reuters
Incêndio no navio porta-contêineres Zim Kingston nas águas da costa da Colúmbia Britânica (Foto: Canadian Coast Guard)

O navio Zim Kingston seguia para Vancouver quando o incêndio teve início no fim da noite de sábado, de acordo com o canal CBC News.

“O navio está em chamas e expelindo gás tóxico”, afirmou a Guarda Costeira canadense em um comunicado. A embarcação permanece ancorada na costa da Colúmbia Britânica, informou.

A Guarda também informou que 16 pessoas foram retiradas do navio depois que o fogo atingiu 10 contêineres.

A Danaos Shipping Co informou à Reuters que “o fogo parece ter sido controlado e uma equipe de combate a incêndio e salvamento foi chamada para garantir o retorno seguro da tripulação da embarcação”.

As equipes trabalham para rastrear 40 contêineres que caíram no mar. A causa do incêndio não foi determinada.

O navio transportava mais de 52 mil quilos de produtos químicos em dois contêineres que pegaram fogo, de acordo com a CBC News.

Atualmente não há risco de segurança para as pessoas em terra, mas a situação continuará a ser monitorada. As autoridades aconselharam os navegantes a ficar longe da área.

A tripulação do Zim Kingston relatou na sexta-feira mau tempo a oeste do Estreito de Juan de Fuca.

Contêineres que caíram do navio Zim Kingston são vistos flutuando a oeste do Estreito de Juan de Fuca — Foto: U.S. Coast Guard/Handout via Reuters
Contêineres que caíram do navio Zim Kingston são vistos flutuando a oeste do Estreito de Juan de Fuca (Foto: U.S. Coast Guard)

Fonte: Yahoo!

Scroll Up