Imagens de ‘rio de sangue’ pelas ruas de Bangladesh durante festival impressionam; entenda

Alguns registros feitos na cidade de Daca, capital do Bangladesh, nesta terça-feira, mostram um verdadeiro rio de sangue pelas ruas locais, como resultado de uma combinação inesperada: o sangue de vacas, cabras, ovelhas e camelos sacrificados em um ritual islâmico com a água de uma chuva torrencial que vem caindo sobre a cidade nos últimos dias.

Sangue de animais misturao à água das chuvas em uma rua de Daca.Sangue de animais misturao à água das chuvas em uma rua de Daca (Foto: Reprodução/Twitter)
Mais uma rua de Daca é unundada pelo 'rio de sangue'.Mais uma rua de Daca é unundada pelo ‘rio de sangue’ (Foto: Reprodução)

Em sua conta no Twitter, por exemplo, Edward Rees, um representante da ONU em Daca, compartilhou alguns registros impressionantes. Como ingrediente adicional para a formação do “rio de sangue” seria o precário sistema de drenagem das ruas.

Chamado Eid ul Adha, ou Festa do Sacrifício, o evento é celebrado pela população muçulmana em tributo à história de Abrão, que se dispôs a sacrificar seu filho Ismael em nome de Alá. O festival tem duração de três dias e as carnes dos animais sacrificados costumam ser doadas à população mais pobre.

Ao “Buzzfeed”, Rees comentou a repercussão de suas fotos e lamentou o preconceito de alguns internautas: “Infelizmente, surgiu um pouco de sentimento antimuçulmano nas pessoas. Intolerância é uma tendência crescente no Twitter nos dias de hoje”.

Ao longo do dia, as imagens do “rio de sangue” foram sendo replicadas nas redes. O post de Rees teve mais de 2,3 mil retweets. Já no fim da tarde de terça, as ruas de Daca já estavam secas e limpas.

Rua tomada pela água misturada com sangue, em Daca.Rua tomada pela água misturada com sangue, em Daca (Foto: Reprodução/Twitter)

Fonte: Extra

Scroll Up