Idoso é multado em mais de R$ 4 mil por manter aves silvestres em cativeiro em Buri

Um idoso de 78 anos foi multado em R$ 4,7 mil por manter pássaros silvestres em cativeiro em Buri (SP). Os autos de infração ambiental foram elaborados nesta segunda-feira (28), e o homem será investigado em liberdade pelo crime.

De acordo com a Polícia Militar Ambiental, a equipe foi até a Vila Nova Esperança para atender uma denúncia de aves silvestres em cativeiro. No local, os policiais encontraram cinco aves nativas e uma ave híbrida sem autorização do órgão ambiental competente.

Aves foram apreendidas e depois soltas na natureza em Buri — Foto: Polícia Ambiental/Divulgação
Aves foram apreendidas e depois soltas na natureza em Buri (Foto: Polícia Ambiental/Divulgação)

Como medida administrativa, os policiais ambientais elaboraram um auto de infração no valor de R$ 2,5 mil, por ter em cativeiro cinco espécies da fauna silvestre, e um no valor de R$ 2,2 mil, por introduzir “espécime animal híbrido no território do estado de São Paulo, ou fora de sua área de distribuição natural”.

As aves nativas foram apreendidas pela Policial Civil e entregues aos policiais ambientais, que soltaram as aves em seu habitat natural.

Já a ave híbrida foi apreendida e depositada ao próprio infrator, pois há impedimento legal sobre a soltura da espécie na natureza, segundo a Polícia Ambiental. As gaiolas foram destruídas.

Gaiolas foram destruídas após apreensão em Buri — Foto: Polícia Ambiental/Divulgação
Gaiolas foram destruídas após apreensão em Buri (Foto: Polícia Ambiental/Divulgação)

Fonte: G1 – Foto: Polícia Ambiental/Divulgação

Scroll Up