17 de junho, 2024

Últimas:

Idoso de 81 anos sobrevive quase uma semana à base de biscoito após carro ficar preso na neve

Anúncios

Christian Jouret tinha feito de tudo, menos perder a esperança de que seu avô Jerry, o homem que o criou, ainda estivesse vivo.

Fazia quase uma semana desde que o idoso de 81 anos deixou sua casa nas montanhas em Big Pine, Califórnia, EUA, para encontrar sua esposa no Estado de Nevada, em 24 de fevereiro. Jerry não chegou.

Anúncios

Finalmente, depois de seis dias, o ex-funcionário da Nasa foi resgatado na neve, onde havia sobrevivido com alguns biscoitos e alguns croissants que estavam no carro.

“Tudo foi simplesmente um milagre”, disse o neto à BBC.

Anúncios

“Foi difícil para nós pensar que um homem poderia fazer tanto com sua vida, criar tamanho legado para depois ficar preso em seu carro e morrer de hipotermia.”

Jerry Jouret foi atingido pelas tempestades de inverno que afetaram a Califórnia este mês, com 90 cm de neve na parte norte do Estado onde o carro ficou preso.

Jerry Jouret com o neto Christian e a esposa Sharon (Foto: Arquivo Pessoal)

Pelo menos 13 mortes foram registradas na Califórnia em meio às tempestades. As autoridades dizem que, até agora, apenas um dos óbitos tem indícios conclusivos de que foi diretamente relacionado ao clima.

Jerry dirigiu por 30 minutos após deixar Big Pine, no que deveria ser uma viagem de quatro horas em direção à casa da família em Nevada, quando acidentalmente acabou em uma estrada menor. Seu carro SUV ficou preso na neve.

Mas o avô não entrou em pânico: segundo Christian, ele colocou em prática o que aprendeu em muitos episódios do programa Survivor aos quais assistiu com a esposa.

Jerry, que vestia apenas um agasalho corta-vento leve, manteve-se aquecido com uma colcha fina e uma toalha de banho que encontrou no carro.

O matemático também ligava o veículo periodicamente para se aquecer e conseguiu economizar a bateria do carro por três dias e meio desligando-o de vez em quando.

Para obter água, ele abaixava a janela e ingeria neve. Para comer, ele usou alguns petiscos que estavam no carro.

“Ele sobreviveu com neve, croissants e biscoitos”, contou o neto.

Segundo seu neto, Jerry Jouret ingeriu neve para ficar hidratado — Foto: INYO COUNTY SHERIFF'S OFFICE
Segundo seu neto, Jerry Jouret ingeriu neve para ficar hidratado (Foto: INYO COUNTY SHERIFF’S OFFICE)

As coisas pioraram quando a bateria do carro acabou enquanto ele fechava a janela. Isso aconteceu dois dias antes de ele ser resgatado, deixando-o ainda mais vulnerável quando as temperaturas noturnas caíam bem abaixo de zero.

Seu resgate foi dificultado pelo mau tempo e, com o passar dos dias, os familiares desesperados sabiam que a situação era de uma corrida contra o relógio.

“Imagino que ele teve muito medo de que fosse o fim de seus dias”, disse Christian.

Em 2 de março, depois de seis dias, helicópteros finalmente socorreram Jerry, que foi levado para o hospital.

Lá, a equipe de saúde ficou surpresa ao descobrir que os sinais vitais do senhor de 81 anos estavam completamente normais, sem sinais de hipotermia.

O avô estava “gritando de alegria” para ele pelo telefone, lembra Christian.

“Eu mesmo chorei muito. Não percebia o quanto tomamos as coisas como garantidas.”

O Gabinete do Xerife do Condado de Inyo disse que o helicóptero encontrou o carro atolado depois que o sinal de um celular foi rastreado em uma área ao longo da estrada no Vale da Morte californiano.

“Quando a equipe se aproximou para inspeção, a janela foi baixada e uma pessoa começou a acenar de dentro do veículo”, afirmou o comunicado à imprensa.

Fonte: BBC

Talvez te interesse

Últimas

Dupla traz releituras de grandes clássicos do pop rock dos anos 2000; primeiro volume promete uma imersão sonora com utilização...

Categorias