Idoso de 77 anos vai até a delegacia e confessa que matou filho recém-saído da cadeia que o agredia em Avaré

Um idoso de 77 anos confessou à Polícia Civil que matou o filho, de 32 anos, que tinha saído recentemente da cadeia e costumava agredir os pais, em Avaré (SP). O crime aconteceu no início da tarde desta terça-feira (28).

De acordo com o boletim de ocorrência, o pai de Elias de Souza compareceu à delegacia e disse que era o autor da morte do filho. Segundo ele relatou à polícia, Elias tinha saído da cadeia havia menos de um mês e não “dava sossego em casa”, agredindo o pai e a mãe, de 68 anos.

Ainda conforme o BO, uma irmã de Elias disse que foi até a casa da família na Vila São Felipe e encontrou o irmão inconsciente, com marcas de agressão na cabeça, no rosto e no pescoço. O Samu foi acionado, mas o homem chegou morto ao pronto-socorro.

Foi feita perícia no local do crime e o corpo de Elias foi encaminhado para exame necroscópico. O pai prestou depoimento na delegacia, mas foi liberado porque se apresentou espontaneamente e alegou legítima defesa.

De acordo com a Polícia Civil, Elias tinha passagens por furto qualificado, estelionato, violência doméstica e roubo, tendo deixado a PII de Avaré no dia 31 de agosto, mediante concessão de liberdade provisória. Já o idoso não tem passagens pela polícia.

Fonte: G1 – Foto: Polícia Civil/Divulgação

Scroll Up