Idoso de 71 anos agredido por suposto ato obsceno continua internado em estado grave na UTI em Bauru

O idoso de 71 anos que foi agredido após ser apontado como suspeito de praticar ato obsceno contra uma adolescente em ponto de ônibus de Bauru (SP), no dia 8 de novembro, segue internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Base (HB).

Em entrevista ao g1, o advogado do idoso, Guilherme Bittencourt Martins, explicou que a vítima sofre de Mal de Parkinson. Ele sofreu complicações no pulmão, estava entubado até está quarta-feira (24) e continua com a traqueostomia.

Ainda segundo Guilherme, o idoso não se recorda do que ocorreu. Ele teria sido agredido por inúmeras pessoas, entre elas o pai e o irmão da adolescente de 15 anos, que afirma que viu o homem mexendo no órgão sexual no meio da rua.

Agressão foi registrada no dia 8 de novembro em ponto de ônibus após jovem de 15 anos ligar para parente denunciando o ato sexual — Foto: Arquivo Pessoal
Agressão foi registrada no dia 8 de novembro em ponto de ônibus após jovem de 15 anos ligar para parente denunciando o ato sexual (Foto: Arquivo Pessoal)

Guilherme ainda afirmou que pediu instauração de inquérito ao delegado Fábio Junqueira para investigar os agressores por tentativa de homicídio qualificado com agravante ao idoso. “A adolescente está inclusa no inquérito como participe, por ter dado voz às agressões”.

A solicitação do inquérito foi feita no dia 18 de novembro e tem 30 dias para ser concluída. Se instaurado, o caso segue com o promotor de Justiça.

O agressor não se apresentou na delegacia e ainda não foi localizado.

Fonte: G1 – Foto: Arquivo Pessoal

Scroll Up