Idosa perde cerca de R$ 30 mil em golpe do bilhete no Centro de Botucatu

Uma idosa aposentada de 73 anos foi a mais nova vítima do golpe do bilhete premiado, na tarde da sexta-feira (18), no Centro de Botucatu.

Em matéria divulgada pelo jornal Diário da Serra deste sábado, o irmão da vítima relata o crime com detalhes.

Segundo a publicação, a aposentada foi abordada primeiramente por um homem “mulato, baixo e gordo, trajando calça jeans e blusa xadrez” em frente ao Banco do Brasil, da Rua Amando de Barros, em frente à Praça Emilio Peduti.

O golpista pedia informação sobre uma loja quando seu comparsa se aproximou, um homem alto, branco, vestindo calça jeans e camisa azul, mostrando o suposto bilhete premiado.

Após ver os golpistas negociando o falso prêmio a mulher acabou indo até a agência bancária e fez a retirada do dinheiro.

Inconformado, o irmão da aposentada não acredita que ela tenha caído do golpe.

Minha irmã tem formação universitária, acredito que eles fazem um tipo de hipnose para que a pessoa acredite,  diz o homem que não teve sua identidade informada.

Funcionários do Banco do Brasil , ainda realizaram procedimento padrão de segurança, questionando o saque da alto valor.

Em uma sala fechada, ela disse ao gerente que usaria o dinheiro para viajar.

A idosa perdeu ainda, todas as suas jóias, que os golpistas pediram como garantia. “Ela chegou a vir em casa com os dois homens e entregou as jóias.

Quando caiu em si a vítima ficou desesperada, mas já era tarde demais.

Leia Notícias

Scroll Up