Hospital das Clínicas de Botucatu pedirá ativação de mais leitos UTI para Covid-19

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Após chegar aos 91% de ocupação de leitos em terapia intensiva (UTI) exclusivos para a covid-19, a superintendência do Hospital das Clínicas de Botucatu (HCFMB) frisou que reforçará pedidos para a reativação de mais seis vagas em sua unidade.

Posição foi dada por meio de nota oficial encaminhada a imprensa na madrugada desta quarta-feira, 6 de janeiro. Atualmente estão disponíveis 24 vagas, sendo que 22 estão em uso com pacientes positivos ou com suspeitas de síndrome gripal.

Até 22 de novembro, no entanto, eram 30 os leitos disponíveis, com financiamento por parte dos governos federal e estadual. Uma solicitação do Ministério da Saúde fez com que seis espaços fossem desativados.

Na nota, o HCFMB frisa que  “tem trabalhado diariamente para a abertura de mais leitos de UTI COVID nos próximos dias, principalmente para retornar ao total de 30 leitos abertos, conforme o número que (sic) trabalhava anteriormente”.

A superintendência ressalta que tem acompanhado a situação atual de perto e que nenhum paciente que procurou a unidade deixou de ser atendido pelo hospital.

Botucatu dispõe de 34 vagas em leitos de UTI, somados aos dez ofertados pela rede privada de saúde. Na terça-feira, 5 de janeiro, a ocupação no Hospital Unimed era de 60%, o que indica acionamento de vagas devido a um convênio firmado pelo Poder Público para a diluição da demanda.

Por Flávio Fogueral

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes