Hospital das Clínicas de Botucatu mantém ocupação de leitos UTI para Covid-19 acima da capacidade; 106%

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O Hospital das Clínicas de Botucatu (HCFMB) mantém o nível de saturação na demanda por leitos de terapia intensiva (UTI). Segundo boletim oficial da unidade emitido nesta sexta-feira, 29 de janeiro, o índice manteve-se em 106% de sua capacidade pelo segundo dia consecutivo.

Vinculado ao Sistema Único de Saúde (SUS), o HCFMB está com todos os seus 30 leitos em ocupação, sendo pacientes vindos de todo o interior paulista. Devido ao esgotamento das vagas foram criados mais dois leitos em situação emergencial, que também estão em uso.

Desse total, 24 pacientes que estão na UTI já têm confirmação do novo coronavírus. Já os leitos de enfermaria exclusivos para a doença, têm 44 das 50 vagas ocupadas. Neste momento, 74 pessoas encontram-se internadas sob cuidados hospitalares na unidade.

“O HCFMB tem atingido diariamente sua ocupação máxima de leitos de UTICOVID. Nesta sexta, mantivemos os mesmos 106% de ocupação de ontem, o que significa que além dos 30 leitos de UTICOVID disponíveis no HC, mais dois leitos foram adequados para pacientes covid positivos. O número de pacientes internados é maior do que o número de leitos disponíveis para covid-19 por seguirmos cumprindo o nosso compromisso em promover assistência à todos os pacientes que precisam do HC neste momento”, frisa nota oficial do hospital.

Segundo a mesma nota, “a liberação de um leito para paciente covid é criteriosamente avaliado antes da internação, para que os protocolos do Ministério da Saúde estejam em total acordo com as normas de estrutura, higienização e isolamento vigentes”.

Desde o início da pandemia, o HCFMB registrou 140 óbitos em decorrência do coronavírus, sendo que 244 pacientes se recuperaram.

Por Flávio Fogueral

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes