Homem sofre queimaduras em explosão de casa que abrigava depósito de gasolina em galões em Bauru

O homem de 40 anos que teve o corpo queimado depois da explosão de sua casa no Parque Júlio Nóbrega, em Bauru (SP), na tarde deste domingo (7), segue internado na unidade de queimados do Hospital Estadual.

Segundo o boletim de ocorrência, outro homem que morava em uma edícula nos fundos do imóvel armazenava irregularmente gasolina em vários galões.

No domingo à tarde, quando passava pelo corredor da casa com um galão com cerca de 200 litros do combustível, deixou a gasolina cair no chão. A moradora da casa estava com o forno do fogão ligado e a gasolina que se espalhou pelo chão provocou a explosão.

O marido da mulher foi atingido pelas chamas. Na casa ainda estavam três filhos do casal e uma neta. Um dos filhos foi retirado pela janela do quarto. Todos foram atendidos e passam bem. O fogo destruiu móveis e eletrodomésticos, além da estrutura do imóvel.

Na edícula, a polícia técnica apreendeu outros 300 litros de combustível. O homem de 54 anos que armazenava o combustível foi preso. Já o filho dele, de 13 anos, que estava na casa durante o acidente, foi levado para o abrigo do Centro de Acolhimento da prefeitura.

O suspeito vai responder por lesão corporal culposa, quando não há intenção, e por crime contra a ordem econômica, por adquirir, distribuir e revender derivados de petróleo em desacordo com a lei.

A assessoria do Hospital Estadual disse que não está autorizada a informar o estado de saúde do homem queimado. A família que teve a casa destruída está abrigada na casa de amigos.

Fonte: G1