Homem que provocou queimada ilegal é multado em mais de R$ 500 mil pela PM Ambiental em Garça

A Polícia Militar Ambiental aplicou 24 multas totalizando mais de R$ 500 mil a um proprietário de área rural em Garça (SP) nesta segunda-feira (13) após constatar uma queimada ilegal que atingiu outras seis propriedades da região.

Segundo a polícia, durante o atendimento a focos de queimada captados pelo satélite do INPE (AQUA_MT), os policiais constataram um incêndio de grandes proporções que foi iniciado por um homem que ateou fogo sem autorização em sua propriedade, com o intuito de limpar a área para facilitar a gradeação e o cultivo no local.

No entanto, ele acabou perdendo o controle das chamas e o incêndio se propagou.

Queimada provocada por dono de propriedade rural atingiu outras seis propriedades em Garça  — Foto: Polícia Militar Ambiental/ Divulgação
Queimada provocada por dono de propriedade rural atingiu outras seis propriedades em Garça (Foto: Polícia Militar Ambiental/ Divulgação)

Ainda segundo os policiais, a área atingida pelo fogo foi de 140,25 hectares de área agropastoril com pastagem e plantações de eucalipto e mandioca, 16,078 hectares de vegetação nativa secundária em estágio pioneiro em Área de Proteção Permanente (APP) de nascentes e cursos d’água, 7,87 hectares de vegetação nativa secundária em estágio inicial em APP de nascentes e curso d’água, 14,219 hectares de vegetação nativa secundária em estágio inicial em área comum.

Além disso, o fogo ainda danificou 50 exemplares arbóreos nativos isolados e a PM ambiental localizou na propriedade multada 19 árvores nativas cortadas em APP de nascente e 15 árvores nativas cortadas em área comum.

Diante dos fatos, os 24 autos de infração ambiental foram elaborados e os valores somados totalizaram R$ 591.716,75 mil. As áreas de vegetação nativa afetadas foram embargadas.

Fonte: G1 – Foto: Polícia Militar Ambiental/ Divulgação

Scroll Up