Homem que filmou mulheres fazendo ioga é investigado por incitar violência doméstica

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O empresário Ricardo Roriz, que está na mira da polícia por ter gravado mulheres praticando atividade física na Lagoa, na Zona Sul do Rio, agora vai ter que responder a mais um inquérito.

Dessa vez, Roriz será investigado por um vídeo de 2018, em que ele aparece criticando a Lei Maria da Penha e incentivando a violência contra a mulher. O empresário deve prestar um novo depoimento à polícia na sexta-feira.

Fonte: CBN

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes