Homem mata ex-namorada grávida a tiros em Ibitinga

Isabel de Farias foi morta pelo ex-companheiro (Foto: Divulgação/Portal Ternura FM)

Uma jovem de 18 anos foi assassinada com seis tiros pelo ex-companheiro na manhã desta quinta-feira (29), em Ibitinga (SP). Segundo o delegado Carlos Alberto Ocon, Isabel Cristina de Farias, que estava grávida de três meses, estava com sua filha de um ano e dois meses no colo durante o crime. O suspeito Daniel Santana dos Santos, de 27 anos, foi preso logo após o homicídio.

De acordo com o delegado, o crime aconteceu por volta das 7h30. O homem informou que morou com a vítima por cinco anos, era pai da criança que estava no colo da vítima e que eles estavam separados há seis meses.

“Ele nos disse informalmente que descobriu que ela estava em outro relacionamento e foi até a residência da Isabel, armado com pistola 6.35. Ele efetuou cerca de seis disparos em direção da vítima, que carregava no colo a filha dos dois. Por pouco, a criança não foi baleada. Além disso, a jovem estava grávida de três meses do atual namorado”, diz. A menina passa bem e foi entregue a parentes da vítima.

Isabel chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos graves ferimentos e morreu antes de chegar ao hospital. “Uma equipe policial foi acionada e, após patrulhamento, encontrou Daniel nas proximidades do cemitério municipal com a arma usada no crime. Ele foi encaminhado para a delegacia, onde confessou ter matado a ex-companheira”, afirma.

O homem não possuía passagem pela polícia e foi autuado por feminicídio, aborto provocado por terceiros e porte ilegal de arma por numeração suprimida. Ele foi encaminhado para a cadeia de São Carlos. “Agora, vamos aguardar os laudos do Instituto Médico Legal e ouvir testemunhas. Acredito que daqui 10 dias eu finalizo o inquérito”, diz delegado.

Fonte: G1

Scroll Up