Homem é inocentado após alegar ter caído acidentalmente em vítima de estupro

Ehsan Abdulaziz, de 46 anos, é um milionário da Arábia Saudita que vive em Maida Vale, um distrito residencial em Londres, na Inglaterra. Em agosto do ano passado, ele conheceu duas jovens na boate ‘Cirque le Soir’ e as levou até a casa dele, em um luxuoso apartamento, de acordo com matéria do ‘Independent’.

Após consumirem bebidas alcoólicas, o saudita e uma delas acabaram indo para o quarto, onde tiveram relações sexuais. No entanto, ao sair de seus aposentos, o homem se deparou com a amiga mais nova dormindo em um dos sofás. De acordo com a versão do acusado, a jovem o seduziu e o puxou de tal forma que, ao cair, ele acidentalmente acabou penetrando a visitante, já que seu pênis estaria “saindo da cueca”.

No entanto, a versão da moça foi bastante diferente. Ela o acusou de estupro depois de ser acordada durante a madrugada com Eshan sobre seu corpo, penetrando-a sem nenhum tipo de consentimento.

O sêmen e o DNA do homem foram encontrados dentro da jovem mulher, no entanto ele permaneceu alegando que havia sido forçado a encostar-se a ela e que o sêmen, provavelmente, era proveniente da relação que ele havia tido com a mais velha das duas. “Eu sou fraco, caí, porém nada nunca aconteceu entre nós”, declarou Abdulaziz.

Durante o julgamento, o juiz responsável, Martin Griffiths, permitiu um raro tipo de depoimento, em que o acusado pode ter vinte minutos em conversa privada para apresentar mais evidências. Depois de a imprensa poder retornar ao local, Abdulaziz insistiu que havia respeitado a mulher, assim como faz com todas.

Antes de sair fugindo, a vítima alegada tentou ir ao quarto e acordar sua amiga, mas não conseguiu, e disse no tribunal que temia que ela poderia estar morta, já que não despertou. Ela também disse não ter chamado a polícia imediatamente com medo de agravar ainda mais a situação traumática.

Após uma hora e meia, o veredicto inocentou o saudita da acusação de estupro.

Fonte: Yahoo!

Últimas

Promulgação da PEC dos Precatórios será fatiada, diz Arthur Lira

02 dez 2021

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC)  23/21, conhecida como PEC dos Precatórios terá promulgação “fatiada”. O objetivo...

Categorias

Scroll Up