“Grande contrato”, brasileiros e família pesam em ida de Jadson à China

Com 13 gols e 12 assistências no Campeonato Brasileiro, Jadson deve deixar o Corinthians pela porta da frente. O fim de temporada espetacular no clube paulista não impediu o meia de aceitar a proposta do Tianjin Quanjian, da China, naquele que o jogador considera o último grande contrato de sua carreira.

Jadson deve assinar contrato válido por dois anos e ganhar até três vezes mais do que recebe mensalmente no Brasil.

O Corinthians ainda aguarda um documento oficial para acertar os últimos termos da negociação, que deve ser fechada em R$ 21,4 milhões – o clube tem direito a 30% do valor, cerca de R$ 6,4 milhões. A transferência será confirmada ainda nesta semana.

Aos 32 anos, Jadson consultou a família antes de tomar sua decisão. Em fevereiro, ele recusou oferta do Jiangsu Sainty, também da China, porque ainda não tinha conquistado um título pelo Corinthians e buscava ter um ano regular – algo que alcançou com a ajuda do técnico Tite. Agora, ele entende que o atual momento é ideal para se aventurar na Ásia.

O acerto com os chineses está sacramentado desde terça-feira, quando Jadson não foi a uma premiação do Campeonato Brasileiro para se reunir com dirigentes do Tianjin Quanjian, treinado por Vanderlei Luxemburgo e que também terá Luis Fabiano. A dupla de brasileiros, aliás, também deixou o meia à vontade para aceitar a proposta.

Nem os apelos de Tite foram suficientes para manter o jogador. A disputa da Taça Libertadores e uma possível convocação para a seleção brasileira seriam os atrativos, mas Jadson não teve chances desde que Dunga assumiu o comando da equipe nacional.

Com contrato até agosto de 2016, Jadson era um dos alvos da diretoria do Corinthians para a renovação de contrato, em reuniões que deveriam acontecer em janeiro. O meia, inclusive, disse que tinha interesse em continuar no clube.

Pensando na provável perda, o Timão já tem um substituto definido: o clube está perto de anunciar a contratação do meia-atacante Marlone, que disputou o Brasileirão pelo Sport.

Fonte: G1

Scroll Up