Governo espanhol prorroga restrições para passageiros do Brasil, Reino Unido e África do Sul

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O governo espanhol anunciou nesta terça-feira (9) uma nova prorrogação, até 30 de março, das restrições impostas aos voos oriundos do Brasil, Reino Unido e África do Sul. O objetivo da medida é evitar a propagação de variantes do coronavírus no país.

Atualmente, apenas os cidadãos espanhóis e estrangeiros residentes na Espanha e em Andorra podem entrar no país caso venham de localidades brasileiras, britânicas ou sul-africanas. Já os passageiros em trânsito podem desembarcar, mas não são autorizados a sair do aeroporto nem permanecer por mais de 24 horas.

No caso do Reino Unido, a medida, que também inclui o tráfego de navios, foi tomada pelo governo espanhol em 22 de dezembro. Já para a África do Sul e o Brasil, a limitação está em vigor desde 2 de fevereiro.

As restrições deveriam vigorar até 16 de março. Mas diante do avanço das novas variantes do vírus, muito mais contagiosas e contra as quais a eficácia das vacinas ainda está sendo testada, as autoridades decidiram prorrogar a medida.

O governo espanhol também impôs uma quarentena obrigatória de dez dias, ou sete dias no caso de de apresentação de um teste Covid-19 negativo, a todos os espanhóis ou residentes que chegam do Brasil e da África do Sul.

A Espanha, um dos países europeus mais afetados pela pandemia do coronavírus, já registrou mais de 71 mil mortes e mais de três milhões de infecções. Segundo o ministério espanhol da Saúde, 4 mil novos casos foram contabilizados nas últimas 24 horas no país.

De acordo com o balanço divulgado nesta terça-feira, a Covid-19 matou pelo menos 2,6 milhões de pessoas no mundo desde que o surto começou, em dezembro de 2019. Os Estados Unidos continuam sendo o país mais afetado, com mais de 525 mil óbitos, seguido do Brasil (mais de 266 mil), México (cerca de 190 mil), Índia (quase 160 mil) e Reino Unido (quase 124 mil).

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes