Gás de cozinha tem 3º aumento da Petrobras em um mês e a situação preocupa os revendedores

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O botijão de 13 kg do gás de cozinha está 15,3% mais caro em relação a maio, conforme registro do Sindicato dos Revendedores de Gás de Cozinha (Sinregás).

A Petrobras autorizou aumento de 5% no produto, que é o terceiro reajuste em menos de um mês. Os botijões deverão ficar mais caros a partir da próxima segunda-feira, 22.

O Sinregás informou que os revendedores foram comunicados pelas distribuidoras no início da manhã dessa sexta-feira, 19, sem nenhum aviso prévio por parte da Petrobras, que alega instabilidade dos preços no mercado internacional.

A diretoria do Sinregás revela preocupação do segmento com os aumentos consecutivos. “Estamos trabalhando em alerta, pois, a expectativa é a de que até o fim de junho, outro reajuste seja anunciado pela Petrobras”, destaca a Sinregás.

A Petrobras não emitiu nota oficial sobre o aumento, mas os interessados podem obter mais informações através do telefone 0800 728 9001.

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes