Gabriela Pugliesi perde patrocínio e seguidores após furar quarentena

A digital influencer Gabriela Pugliesi se tornou um dos assuntos mais comentados nas redes sociais neste domingo (26), após furar a quarentena e reunir amigos em sua casa na noite de sábado (25). A blogueira foi uma das primeiras celebridades a testar positivo para o novo coronavírus, em março.

Os vídeos gravados pela influencer durante a festa circularam na internet e causaram polêmica, o que fez com que ela perdesse pelo menos 8 mil seguidores no Instagram. Marcas que patrocinavam a blogueira foram cobradas pelos internautas e suspenderam os contratos. Entre elas estão Hope, Desinchá, Baw Clothing, Liv Up, Kopenhagen, Fazenda Futuro, LBA e Evolution Coffee.

“A Rappi apoia todas as medidas de prevenção contra a COVID-19 e não concorda com qualquer irresponsabilidade nesse sentido. Por isso escolhemos encerrar a parceria. Incentivamos todas as alternativas de prevenção e para diminuição da disseminação do vírus”, escreveu a Rappi, aplicativo de entrega, em nota.

“Ficamos surpresos com esse recente acontecimento. Nos inteiramos de toda a situação e resolvemos suspender a parceria com a influenciadora. Ressaltamos que não concordamos de forma alguma com o que houve e deixamos claro que sempre seguimos todas as recomendações da OMS no combate ao COVID-19. Qualquer outra dúvida, conte com a gente”, disse a marca de pipoca Mais Pura.

Pugliesi se manifestou nas redes sociais e publicou um vídeo em que afirma estar “extremamente arrependida”. Nos comentários, recebeu bronca de vizinhos, que reclamaram do barulho e do desrespeito à quarentena. A atriz e humorista Tatá Werneck também fez críticas a blogueira e afirmou que o comportamento dela foi “inadmissível”.

“Gabriela vc vai me achar uma babaca depois desse comentário. Mas eu acho menos importante isso do que alertar as pessoas. Tão pedindo caminhão pros hospitais . Pq tá um caos. Minha prima médica ( que pegou ) chega chorando em casa. Pq eles JÁ tem que escolher sem salvar. Vc já teve. Está teoricamente “imune”. Eu acho que essa atitude , ainda mais pra um monte de gente que te segue e se inspira na sua vida saudável foi inadmissível”, escreveu Tatá.

Veja as notas de algumas marcas que suspenderam contrato com a blogueira: 

Liv Up@livupoficialRespondendo a @livupoficial

Não incentivamos atitudes que possam colocar a saúde de qualquer pessoa em risco, assim, estamos suspendendo todas as ações que tínhamos programadas com a influenciadora e adiantamos que esse é nosso posicionamento em qualquer outra situação similar.

Fonte: Jornal Metro

Scroll Up