Gabriel Medina e Italo Ferreira caem nas quartas de final no México

Atual número 1 do mundo e já garantido no WSL Finals, Gabriel Medina não passou das quartas de final da etapa do México, a penúltima da temporada. Nesta quinta, o paulista foi eliminado da competição ao perder para o também brasileiro Deivid Silva por 15.34 a 13.14. Situação semelhante viveu Italo Ferreira. Terceiro colocado no ranking, o campeão olímpico também caiu nas quartas ao perder para o catarinense Mateus Herdy por 16.54 a 15.43.

Deivid pega o italiano Leonardo Fioravanti por uma vaga na grande final. Já Mateus Herdy encara o australiano Jack Robinson na outra semi. As baterias decisivas masculina e feminina estão previstas para acontecer nesta sexta-feira, segundo a previsão da WSL. A primeira chamada será às 9h15 (horário de Brasília).

Deivid elimina Gabriel Medina

A bateria de Medina começou movimentada. Gabriel largou na frente com ondas de 4.67 e 2.50. Deivid respondeu com um 5.33 seguido de um 0.43. Buscando trocar a sua segunda nota, Deivid conseguiu um 5.83, passando a ter 11.16 de somatório. Medina, por sua vez, entrou numa onda de 6.67, mantendo a liderança com 11.34 de pontuação.

Mesmo em desvantagem, Deivid não se entregou e, a sete minutos do fim, a melhor onda da bateria veio para o surfista do Guarujá, um 8.67. Pouco depois, Deivid trocou sua segunda nota para 6.67, deixando Medina a um 8.67 da virada. Correndo contra o tempo, Medina não conseguiu pontuar mais, amargando a derrota por 15.34 a 13.14.

Italo leva virada de Mateus Herdy

Italo Ferreira iniciou a sua bateria a todo o vapor, abrindo com uma onda de 6.60. Só que Mateus aproveitou a mesma série e entrou em uma onda de 6.83. Pouco depois, Italo foi para o seu tradicional aéreo e recebeu 8.83, retomando a liderança. Mateus não se abateu, respondendo com uma nota 6.50. Pouco depois, o catarinense trocou nota com um 7.27, passando a precisar de 8.17 para virar.

Mesmo em desvantagem, Herdy continuou buscando a virada. A cinco minutos do fim, ele acabou premiado ao achar uma direita de longo alcance com direito a rasgadas e tentativa de reverse. A nota foi um 9.27, que deixou Italo precisando de 7.72 a dois minutos do término. A partir de então, coube ao catarinense apenas administrar o resultado até confirmar a vitória.

Resultados das quartas de final

1. Gabriel Medina (BRA) 13.14 x Deivid Silva (BRA) 15.34
2. Leonardo Fioravanti (ITA) 15.73 x Conner Coffin (EUA) 14.24
3. Jack Robinson (AUS) 14.06 x Frederico Morais (PRT) 12.60
4. Italo Ferreira (BRA) 15.43 x Mateus Herdy (BRA) 16.54

Confrontos da semifinal

1. Deivid Silva (BRA) x Leonardo Fioravanti (ITA)
2. Jack Robinson (AUS) x Mateus Herdy (BRA)

Fonte: G1 – Foto: Tony Heff/WSL

Scroll Up