Funcionário morre após ser soterrado enquanto realizava serviço na rede de esgoto em Marília

Um funcionário do Departamento de Água e Esgoto de Marília (DAEM) morreu após ser soterrado na manhã desta terça-feira (4) enquanto realizava um serviço na zona norte da cidade.

De acordo com as primeiras informações do Corpo de Bombeiros, o homem estava em um buraco de cerca de 4 metros de profundidade fazendo a troca de uma rede de esgoto danificada, quando houve um deslizamento de terra.

Segundo os bombeiros, a vítima teve o tórax comprimido pela quantidade de terra e estava desacordada no momento do resgate.

Outros funcionários também ajudaram no resgate e, segundo eles, a vítima chegou a ficar mais de 10 minutos sem respirar, pois havia muita terra e o acesso era difícil.

De acordo com o médico da equipe do Samu, ele teve uma parada cardiorrespiratória e, apesar de todos os procedimentos realizados no local pela equipe, o funcionário não resistiu e morreu ainda no local.

Em nota, a prefeitura de Marília disse que lamenta profundamente o falecimento do servidor municipal Edson Alves da Silva, mais conhecido como “Baianinho”. O profissional tinha 46 anos e atuava há 22 no Daem, sendo admitido através de concurso público, quando se tornou servidor de carreira.

O texto diz ainda que o funcionários, assim como os demais colegas, usavam equipamentos de proteção individual. A prefeitura destacou ainda que se solidariza com todos os familiares, amigos e colegas de trabalho.

Outro caso

Esse foi o segundo caso de soterramento em obra de esgoto registrado em menos de 24 horas na região. Em Ibitinga, um trabalhador também ficou soterrado em uma obra particular quando fazia um serviço na rede de esgoto.

Ele foi socorrido consciente e com suspeita de fraturas nas pernas, que ficaram totalmente soterradas.

Fonte: G1

Scroll Up