Fumaça de incêndios no oeste dos EUA chega a Nova York

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A fumaça dos incêndios que devastam o oeste dos Estados Unidos atravessou o país e alcançou nesta terça-feira (15) o céu de Nova York.

De acordo com especialistas em meteorologia, a fumaça deverá permanecer a uma altura de 4,5 mil a 6 mil metros acima de Nova York. Assim, o céu da cidade ficou com uma névoa leve nesta terça.

Há dias a fumaça estava presa acima da costa oeste devido a uma área de maior pressão na atmosfera. Na segunda-feira, a nuvem começou a se mover rumo ao leste do país.

Desde segunda-feira à noite, o Serviço Nacional do Clima menciona a presença de fumaça do oeste dos Estados Unidos e visível em fotos de satélites. Na quinta-feira, o fenômeno deve começar a se dissipar em Nova York.

Embora a fumaça tenha provocado alertas em cidades como Vancouver, no Canadá, e em Portland, Oregon ou San Francisco, acredita-se que ela terá impacto limitado na qualidade do ar de Nova York, de acordo com os especialistas.

Incêndios nos EUA

Incêndio de grandes proporções atinge mata em Chico, na Califórnia, na segunda-feira (14) — Foto: Maxar Technologies/Handout via REUTERS
Incêndio de grandes proporções atinge mata em Chico, na Califórnia (Fotos: Reprodução)

Os incêndios na costa oeste dos EUA deixaram 36 mortos e dezenas de desaparecidos, segundo levantamento mais recente. A situação é mais crítica nos estados de Washington, Oregon e Califórnia, onde há ao menos 86 focos. No total, cerca de cinco milhões de hectares foram devastados pelo fogo.

Na segunda-feira, o presidente Donald Trump visitou a Califórnia e participou de encontro com o governador Gavin Newsom, que integra a oposição, e autoridades locais de combate aos incêndios.

Alertado sobre a influência das mudanças climáticas nas queimadas nos EUA, Trump minimizou o impacto da ação do homem no aquecimento global. “Vai começar a esfriar, você vai ver”, disse o presidente na reunião.

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes