Formiga grava os pés na Calçada da Fama do Mineirão

Um dos grandes nomes do futebol feminino brasileiro, a meio-campista Formiga recebeu uma homenagem especial nesta terça-feira (15), ela se tornou a primeira mulher a gravar os seus pés na Calçada da Fama do estádio do Mineirão.

“Fico feliz de ser a primeira mulher, e negra, de ter este reconhecimento [de gravar os pés no Mineirão] em um dos estádios mais importantes do nosso país. Nós lutamos tanto, e buscamos tanto este espaço, este reconhecimento, este valor e este respeito”, declarou a jogadora de 44 anos de idade.

Atualmente defendendo o São Paulo, Formiga disputou no final de 2021 a sua última partida pela seleção brasileira (contra a Índia no Torneio Internacional de Manaus). Foram 26 anos defendendo a amarelinha, com nove conquistas: três medalhas de ouro em Jogos Pan-Americanos (2003, 2007 e 2015) e seis Copas América (1995, 1998, 2003, 2010, 2014 e 2018). Formiga, porém, tem a prata olímpica de 2004, em Atenas (Grécia), como principal lembrança da carreira pelo Brasil. Ela também fez parte do elenco vice-campeão quatro anos depois, nos Jogos de Pequim (China).

Além de Formiga, a Calçada da Fama do Mineirão conta com as pegadas de Alex, Amaury, Buglê, Dadá Maravilha, Dirceu Lopes, Djalma Santos, Eder Aleixo, Euller, Evaldo, Jair Bala, Juca Show, Luisinho, Marques, Nelinho, Palhinha, Pelé, Piazza, Procópio, Reinaldo, Ronaldo, Ronaldinho Gaúcho, Sorín e Tostão.

Fonte: Agência Brasil – Foto: Divulgação/Mineirão