Flamengo derrota o Corinthians na Neo Química Arena

O Flamengo não tomou conhecimento do Corinthians neste domingo. Pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, a equipe de Renato Gaúcho dominou o Timão e triunfou por 3 a 1 na Neo Química Arena. Com o resultado, o Rubro-Negro chegou a oito jogos consecutivos de invencibilidade contra o clube do Parque São Jorge e colou no G4 do Brasileirão.

Os visitantes abriram o placar logo aos seis minutos de partida, com um belo gol de fora da área de Everton Ribeiro. Aos 39, Gustavo Henrique ampliou de cabeça após cobrança de escanteio de Arrascaeta. Quatro minutos depois, foi a vez de Bruno Henrique aproveitar cruzamento de Gabigol e cabecear para a rede. No segundo tempo, Vitinho diminuiu para os mandantes.

Com a derrota, o Corinthians chegou a quatro jogos sem vencer na Neo Química Arena, sendo duas derrotas consecutivas. Com 17 pontos, o Timão é o 11º colocado do Campeonato Brasileiro. Já o Flamengo chegou a sete vitórias seguidas , tem 24 pontos e aparece na quinta posição. O time carioca tem duas partidas a menos que o Bragantino, que está em quarto lugar com 27 pontos.

O Rubro-Negro volta a campo na quinta-feira para enfrentar o ABC, às 21h30 (de Brasília), pela volta das oitavas de final da Copa do Brasil, no Frasqueirão. O Corinthians, por sua vez, vai enfrentar o Santos no próximo domingo, às 16 horas, pelo Brasileirão, na Vila Belmiro.

O Flamengo controlou a partida desde o início. Pressionando a saída do Corinthians, o Rubro-Negro apostou nas roubadas no ataque para criar chances, ter a posse de bola e dominar o confronto.

Em uma dessas roubadas de bola no campo de ataque, o Flamengo abriu o placar. Logo aos seis minutos, Willian Arão interceptou passe de Cantillo para Roni e serviu Everton Ribeiro, que finalizou forte de canhota no canto esquerdo de Cássio. Antes de entrar, a bola ainda tocou na trave.

Apesar da vantagem, a equipe de Renato Gaúcho seguiu sufocando o Corinthians. Arrascaeta exigiu boa defesa de Cássio após receber de Bruno Henrique na área e dividir com João Victor e Gil. Pouco depois, novo erro de Cantilllo na saída terminou com o uruguaio driblando o goleiro corintiano e cruzando para Gabigol, que chutou na marcação.

Antes de ampliar, o Flamengo ainda carimbou o travessão. Gabigol fez jogada belo meio e encontrou Bruno Henrique na área com um belo lançamento. O camisa 27 dominou no peito e, sem deixar a bola cair, bateu de pé direito, mas parou no poste.

Na jogada seguinte, no entanto, os cariocas voltaram a balançar a rede alvinegra. Após cobrança de escanteio de Arrascaeta pela direita, Gustavo Henrique deixou Gil para trás, subiu nas costas de Fagner, cabeceou firme para baixo e ampliou aos 39 minutos.

Quatro minutos depois, Gabigol puxou rápido contra-ataque ao receber livre pela esquerda, contou com a ultrapassagem de Filipe Luís, que puxou a marcação de Fagner, e teve espaço para cruzar na cabeça de Bruno Henrique, que levou a melhor sobre Fábio Santos e superou Cássio.

O domínio flamenguista seguiu na segunda etapa, mas com menos chances claras de gol. A melhor delas veio logo no início. Após boa jogada, Everton Ribeiro recebeu de Gabigol dentro da área e cruzou rasteiro para Bruno Henrique. Mesmo na frente do gol vazio, o atacante acabou furando, e a bola batendo em seu braço. O camisa 27 até completou na sequência, mas o lance foi anulado.

Assim como no primeiro tempo, a trave do Corinthians voltou a balançar. Dessa vez, foi Filipe Luís que invadiu a área em velocidade, recebeu de Bruno Henrique e finalizou forte no poste. A jogada, no entanto, foi paralisada por impedimento. Minutos depois, Gabigol mandou de voleio de fora da área após cobrança de escanteio, mas Cássio segurou.

A primeira oportunidade do Timão no duelo foi de Jô. Em um raro momento de perigo, o contra-ataque alvinegro terminou com Marquinhos dividindo com Vitinho e a bola sobrando para o centroavante. Mesmo livre dentro da área, o camisa 77 mandou de primeira para fora.

No fim, o Corinthians diminuiu com Vitinho. O garoto, que entrou no intervalo no lugar de Gabriel, aproveitou a sobra na entrada da área e finalizou forte de primeira. A bola desviou em Léo Pereira, surpreendeu Diego Alves e terminou no fundo do gol. No último lance, Mateus Vital, que também iniciou a partida no banco, acertou o travessão.

CORINTHIANS 1 X 3 FLAMENGO

Local: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)
Data: 01 de agosto de 2021, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi e Jose Eduardo Calza
VAR: Daniel Nobre Bins
Cartões amarelos: Roni (Corinthians); Arrascaeta (Flamengo)

GOLS:
CORINTHIANS:
 Vitinho, aos 43 minutos do 2ºT
FLAMENGO: Everton Ribeiro, aos 6, Gustavo Henrique, aos 39, e Bruno Henrique, aos 43 minutos do 1ºT

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, João Victor, Gil e Fábio Santos; Cantillo (Araos), Gabriel (Vitinho) e Roni (Xavier); Gustavo Mosquito (Mateus Vital), Adson (Marquinhos) e Jô.
Técnico: Sylvinho

FLAMENGO: Diego Alves, Isla (Matheuzinho), Léo Pereira, Gustavo Henrique (Bruno Viana) e Filipe Luís; Willian Arão, Diego, Arrascaeta (Michael) e Everton Ribeiro (Pedro); Gabigol e Bruno Henrique (Vitinho).
Técnico: Renato Gaúcho

Fonte: Yahoo!Foto: Divulgação/Alexandre Vidal

Scroll Up