Filha morre ao ser baleada com a mãe durante churrasco em Pederneiras

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Munições foram encontradas na casa do suspeito (Foto: Divulgação/PM)

Mãe e filha foram baleadas após se envolverem em uma discussão durante um churrasco na casa delas na noite deste domingo (29), no Jardim Modelo, em Pederneiras (SP). A filha, Sandra Daiana Peixoto, de 32 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Já a mãe, Marina Peixoto Dias, de 55 anos, ficou gravemente ferida.

De acordo com a Polícia Militar, o caso aconteceu por volta das 22h. Um dos convidados, João Luiz Vaz, de 58 anos, se desentendeu com sua ex-mulher durante o churrasco e ambos se envolveram em uma briga.

“A dona da casa e a filha decidiram intervir na discussão. João Luiz saiu da residência e, quando voltou com seu veículo, efetuou diversos disparos em direção das vítimas e fugiu”, afirma o tenente Bruno Mandaliti Scarp.

Sandra foi atingida na região do peito e pescoço  e morreu no local. Já a mãe dela foi baleada na região do peito e a bala ficou alojada perto do coração. Ela foi socorrida em estado grave para o Pronto-Socorro de Pederneiras e, em seguida, transferida para o Hospital de Base de Bauru (SP), onde permanece internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Ainda segundo a polícia, equipes foram acionadas e, após patrulhamento, os militares localizaram seis cápsulas vazias, de calibre 32, e uma intacta, de calibre 38, na casa do suspeito, em Pederneiras. “Após varredura, os policiais encontraram João Luiz no interior da residência de sua sobrinha, localizada no Núcleo Otávio Rasi, em Bauru. Ao ser questionado, ele alegou que havia jogado o revólver em um lago em Pederneiras”, afirma o tenente.

O homem foi detido e encaminhado para a delegacia de Pederneiras, onde foi autuado por homicídio e tentativa de homicídio. As cápsulas foram apreendidas pela polícia.

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes