Fiba redefine datas dos pré-olímpicos de basquete masculino para as Olimpíadas de Tóquio

A Federação Internacional de Basquete (Fiba) anunciou, nesta quinta-feira, que os torneios pré-olímpicos de basquete masculino, que irão definir as quatro vagas restantes para as Olimpíadas de Tóquio, adiadas para 2021, vão ser realizados entre os dias 29 de junho e 4 de julho do ano que vem, com os grupos e locais já sorteados. O vencedor de cada evento garante vaga na capital japonesa.

Em abril, a Fiba havia agendado a realização dos torneios entre os dias 22 de junho e 4 de julho de 2021. No fim das contas, a entidade optou por diminuir a janela das competições, adiando a data de início e mantendo a data de encerramento. Os Jogos de Tóquio-2020 foram adiados em um ano, para 23 de julho a 8 de agosto de 2021, devido à pandemia de COVID-19.

Em Belgrado, na Sérvia, jogam: República Dominicana, Nova Zelândia, Sérvia, Porto Rico, Itália e Senegal; em Kaunas, na Lituânia, os anfitriões entrarão em quadra contra Coreia do Sul, Venezuela, Polônia, Eslovênia e Angola. Em Split, na Croácia, o Brasil vai encarar os donos da casa, a Alemanha, a Rússia, o México e a Tunísia.

Em Vitória, no Canadá, os canadenses terão pela frente Grécia, Canadá, Uruguai, República Tcheca e Turquia. A Espanha, atual campeã mundial na China em 2019, já tem vaga garantida para o torneio olímpico, assim como Argentina, Austrália, França, Irã, Japão (como anfitrião), Nigéria e Estados Unidos.

Estrelas da NBA podem ficar fora

Com a possibilidade de a temporada 2020-2021 começar mais tarde do que o habitual (em dezembro) por causa da pandemia de coronavírus, alguns jogadores como o grego Giannis Antetokounmpo (Milwaukee Bucks) e o sérvio Nikola Jokic (Denver Nuggets), podem ser desfalques nas seleções europeias por causa dos playoffs da NBA. Na seleção americana, podem ficar de fora nomes como Stephen Curry, James Harden e LeBron James.

Torneio olímpico feminino já definido

O torneio olímpico de basquete feminino, que pôde definir seus classificados antes da pandemia do coronavírus, será disputado por Austrália, Bélgica, Canadá, China, França, Japão, Coreia do Sul, Nigéria, Porto Rico, Sérvia, Estados Unidos e Espanha, que conquistaram suas vagas no classificatório de Belgrado, na Sérvia, em fevereiro.

Fonte: G1