Falso médico aplica golpe em família de paciente da Santa Casa de Avaré

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O morador de Avaré (SP) Marcos Pelegrini registrou um boletim de ocorrência após perder R$ 500 no golpe do \”falso médico\”. Ele, que tem um filho internado Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa, afirma que recebeu um telefonema de um suposto médico informando que seria necessário depositar mais de R$ 1 mil para que uma injeção fosse aplicada no filho.

“Uma pessoa ligou na minha residência e se identificou como médico dizendo que tinha feito um exame de sangue no meu filho e que teria que aplicar uma injeção que o SUS não cobriria. O valor seria de R$ 1,5 mil. Eu questionei que a família não tinha condição. Aí deixou por R$ 500 e peguei dinheiro emprestado para depositar. Infezlimente era golpe”, conta.

Golpe

Segundo o delegado responsável pelo caso, João Luiz de Almeida, os criminosos têm acesso às informações do prontuário do paciente, que podem ter sido vazadas no hospital ou por invasão nos bancos de dados.

\”Eles ligam para parentes pedindo dinheiro para continuar o tratamento dizendo que o SUS não cobre a despesa, e muitos parentes acreditam e fazem o depósito do dinheiro\”, afirma.

Ainda segundo o delegado, o caso segue sob investigação e, até o momento, ninguém foi preso. “Vamos prosseguir com as investigações e partir de onde foi depositado e seguir todo o trajeto para chegar no autor, nesse golpista”, afirma.

O responsável pela UTI na Santa Casa, Claudio Nardinelli, alerta que em hipótese nenhuma funcionários da unidade ligam para parentes pedindo dinheiro.

“É muito importante que as famílias que têm pacientes na UTI, na tentativa de algum tipo de golpe, conversem com o médico assistente ou enfermeira. Isso não pode acontecer e as pessoas não devem fazer depósito para o hospital”, ressalta.

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes