FAB programa para terça-feira operação de resgate de brasileiros que deixaram a Ucrânia

A Força Aérea Brasileira (FAB) pretende iniciar na próxima terça-feira (1º) uma operação com duas aeronaves KC-390 que irão à Polônia repatriar brasileiros que conseguiram deixar a Ucrânia.

Desde quinta-feira (24), a Ucrânia tentar conter uma invasão da Rússia, que deflagrou a maior ofensiva militar registrada na Europa desde o final da Segunda Guerra Mundial. Em razão do ataque russo, centenas de brasileiros tentam fugir do país.

De acordo com documentos obtidos pela TV Globo, a FAB encaminhou para adidos no exterior as solicitações de voo e pouso em aeroportos de Cabo Verde, Portugal e Polônia. A mesma solicitação pede para que outros países da África e da Europa autorizem a passagem das aeronaves brasileiras por seus espaços aéreos.

O uso das aeronaves da FAB foi determinado pelo presidente Jair Bolsonaro, que até o momento não condenou de forma direta a invasão russa à Ucrânia.

De acordo com a FAB, os KCs-390 Millennium que irão à Polônia são do mesmo modelo empregado para transportar doações para vítimas da explosão em Beirute, no Líbano, em 2020, e para prestar apoio às vítimas do terremoto do ano passado no Haiti.

Plano de resgate

Conforme o plano de resgate do governo brasileiro, os dois KCs-390 sairão do Recife (PE) na manhã de terça-feira (1º) e farão escalas em Cabo Verde e Portugal. As aeronaves devem chegar na tarde de quarta-feira (2) à Polônia, no aeroporto de Varsóvia. Caso não seja possível utilizar o aeroporto, FAB prevê como alternativa o pouso em Cracóvia.

O retorno ao Brasil está programado para começar na mesma quarta, também com escalas em Portugal e Cabo Verde. A chegada ao Brasil, via Recife, está prevista para a manhã de quinta-feira (3).

Uma missão com oito diplomatas brasileiros deve chegar à Polônia na segunda-feira (28) para preparar a operação de embarque dos brasileiros. Uma circular do Itamaraty foi enviada aos postos onde estão lotados os funcionários que irão à Polônia. Diz a circular:

“Informo. No contexto da eclosão do conflito militar entre Ucrânia e Rússia, está sendo designada missão à região com vistas a verificar condições e ultimar eventuais preparativos para retirada de brasileiros que se encontram na Ucrânia, ademais prestar assistência consular a nacionais eventualmente evacuados”.

Fonte: G1

Últimas

Ninguém acerta e prêmio da Mega-Sena vai a R$ 120 milhões

28/05/2022

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.485 da Mega-Sena, realizado na noite deste sábado (28) no Espaço...

Categorias