Estudante tem casa furtada três vezes em uma semana em Boituva

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Uma casa foi invadida três vezes no intervalo de uma semana em Boituva (SP). O estudante de serviços sociais Diogo Rogério Félix, 29 anos, morador da residência, agora faz rifas para tentar comprar um computador após os criminosos levarem dois notebooks durante os furtos.

Segundo Diogo, os furtos ocorreram entre 24 e 31 de dezembro no imóvel situado na região central da cidade. O estudante mora de aluguel na casa desde o início do próprio mês. O local não possui sistema de segurança.

O primeiro furto aconteceu em 24 de dezembro. De acordo com Diogo, os criminosos devem ter pulado o muro e entraram no imóvel por meio de uma janela lateral. Nesse dia, levaram um notebook, uma parafusadeira e uma furadeira.

Dois dias depois, a casa foi novamente invadida. Dessa vez, foram levados outro notebook, uma batedeira e três relógios de pulso.

O terceiro e último furto aconteceu no último dia do ano. Os criminosos levaram dois pares de tênis, três óculos de sol com grau e um televisor.

“Entre um furto e outro eu instalei travas nas janelas, mas não adiantou. O proprietário da casa mandou fazer grades para as janelas, mas ainda não ficaram prontas. Ele também vai instalar cerca elétrica para evitar mais furtos”, diz Diogo.

Agora, um dos objetivos de Diogo é conseguir comprar um computador para estudar. Isso porque as aulas têm sido feitas de forma remota devido à pandemia do novo coronavírus.

O estudante já conseguiu arrecadar R$ 500 com uma rifa de produtos de maquiagem, doados por uma amiga. Diogo também ganhou um bolo, cuja venda será revertida para a compra do computador.

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes