Saiba quais são as 7 religiões mais praticadas no mundo de acordo com a CIA

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Considerando os dados do ‘The World Factbook’, elaborado pela CIA (Agência Central de Inteligência dos Estados Unidos) em 2012 e também o site de religiões Adherents, os maiores grupos religiosos do mundo, em números aproximados, são: Cristianismo (28%, incluindo várias religiões cristãs), Islamismo (22%, incluindo os xiitas e sunitas), Hinduísmo (15%), Budismo (8%), Religião Tradicional Chinesa (6%), Religiões Primárias (6% somando religiões primárias da África, Ásia, Oceania e Américas) e Sikhismo (1%).

Na sequência vêm algumas religiões também muito conhecidas mundialmente como o Judaísmo e o Espiritismo (que reúne diversas religiões).

Saiba mais sobre cada uma das 7 maiores religiões praticadas no mundo:

Cristianismo é dividido em diversas religiões

Com cerca de 2,2 bilhões de adeptos em todo mundo, mas é dividido em diversas religiões. Tem sua origem na história de Jesus Cristo. É um grupo religioso monoteísta: acredita em um Deus único e supremo, seu principal livro que contém a base de seus dogmas é a Bíblia. Mesmo com o crescimento de outras religiões, o cristianismo continua sendo a doutrina com mais adeptos no mundo. Atualmente, existem inúmeras religiões cristãs no mundo, sendo que as principais são:

Catolicismo segue a Católica Apostólica Romana

Representa quem segue a Igreja Católica Apostólica Romana que tem sede no Vaticano –um Estado-país independente, mas localizado em Roma, na Itália. Possui como autoridade máxima o papa, atualmente o Papa Francisco. No mundo são cerca de um bilhão de católicos apostólicos romanos.

Catolicismo ortodoxo é praticado na Europa Central

É uma religião cristã oriunda de uma separação que aconteceu na Igreja Católica Romana no século XI e que se dispersou no oriente. As principais igrejas são a Igreja Católica Ortodoxa (que conta com fiéis espalhados principalmente na Europa Central e se divide em vários patriarcados, como o de Constantinopla, de Antioquia, da Bulgária, entre outros) e Igreja Ortodoxa Russa, que segue o patriarcado de Moscou.

Protestantes tem várias ramificações

Surgiram com as divergências de opiniões dentro da Igreja Católica Romana no séc. XVI, durante a Reforma Protestante, liderada pelo alemão Martinho Lutero – contra a venda de perdão por parte do clero e ser contrário aos dogmas católicos, como a veneração a santos.

Na França, na mesma época, João Calvino tomou a frente da reforma e na Inglaterra, o rei Henrique VIII criou sua própria igreja, bem similar à Católica Romana, a Igreja Anglicana (existente até hoje). Dessas divisões, nasceram muitas ramificações, mas os maiores grupos são: Luteranos, Presbiterianos, Batistas, Metodistas e, a mais recentemente, os Pentecostais e Neopentecostais.

Islamismo é a religião que mais cresce

É uma religião monoteísta, onde o Deus único é Alá e que surgiu no século VII, criada por Maomé, seu principal líder. O livro sagrado é o Corão (ou Alcorão) e atualmente possui cerca de 1,5 bilhão de adeptos no mundo e é a que mais cresce, segundo o site Adherents. O islamismo é difundido especialmente na Ásia, Oriente Médio e na África, porém existem seguidores em países como França, Bélgica e Espanha.

No Budismo não existe um Deus, mas um líder

Buddah statue with ancient stupas with orange cloth in Buddhist temple on black background at saraburi, thailand
Cerca de 400 mil pessoas seguem o budismo (Fotos: Reprodução)

É uma doutrina baseada nos ensinamentos de Siddharta Gautama, o Buda (séc. VI a.C.) que busca a realização plena da natureza humana, em um ciclo contínuo de morte e renascimento, no qual vidas presentes e passadas estão interligadas. Dentro do Budismo não existe hierarquia, até porque não há um deus, somente um líder espiritual, que é o Buda. No mundo existem cerca de 400 mil seguidores, principalmente no Sudeste Asiático, como Camboja, Laos, Birmânia e Tailândia. No Japão, é a segunda maior religião do país.

Hinduísmo está concentrado em países como o Nepal e Índia

Possui um conjunto de preceitos religiosos baseadas nas escrituras sagradas dos Vedas, livro que guarda textos, hinos, louvores e rituais. O Hinduísmo abrange seitas e variações monoteístas e politeístas e sua maioria acredita no poder supremo de Brama, que se manifesta em milhares de deuses e deusas. Os hindus representam mais de 80% da população na Índia e no Nepal.

Religião Tradicional Chinesa

É um termo usado para descrever uma complexa interação entre as diferentes religiões e tradições filosóficas praticadas na China. Os adeptos misturam credos e práticas de diferentes doutrinas, como o Confucionismo, o Taoísmo, o Budismo e outras religiões menores. Com mais de 400 milhões de praticantes, eles representam cerca de 6% da população mundial.

Religiões Primárias Indígenas e Tribais

São diversas tradições e práticas religiosas de origem tribal na África e indígenas na Ásia, Oceania e Américas que se mantêm ainda nos dias de hoje, sem grandes influências de outras religiões. Para o site Adherents, apesar de serem religiões diferentes, foram organizadas como “um grande grupo religioso”, pois não seguem os dogmas de outras religiões, sendo práticas religiosas mais ligadas a relação destes povos com a natureza.

No Sikhismo o Deus é Ik Onkar ou Nam

Embora pouco difundido, o Sikhismo é a sétima maior religião do mundo. A doutrina monoteísta foi fundada no século XV por Guru Nanak e seu Deus supremo é Ik Onkar ou Nam. O sikhismo nasceu na província de Punjab, na Índia, e grande parte de seus seguidores ainda vivem na região. Eles representam 1,9% da população da Índia e 0,3% de Fiji, somando cerca de 20 milhões de pessoas.

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes