Saiba como melhorar a qualidade da água que a sua família bebe

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A ingestão de ÁGUA é importante para a sua saúde em qualquer estação do ano. Com a chegada da primavera e, posteriormente, do verão, é preciso estar ainda mais atenta a este assunto. Além da constante importância do uso racional deste bem natural, ter certeza de que o que você e sua família estão consumindo tem qualidade deve fazer parte do seu dia-a-dia.

Você usa a água para diversos fins em um mesmo dia, seja para se hidratar, tomar banho, cozinhar ou higienizar alimentos. Segundo o consultor ambiental ALESSANDRO AZZONI, as empresas responsáveis pela distribuição, em geral, garantem a sua potabilidade. No caminho que ela percorre até a sua residência ou mesmo dentro da sua própria rede, entretanto, podem acontecer problemas de vazamento ou queda de pressão que facilitam a contaminação do produto.

Foto: Alliance/iStock

VERIFICANDO OS PROBLEMAS

Caso você abra a torneira da pia da cozinha na hora de preparar o almoço e perceba algum tipo de alteração no cheiro, o ideal é que, antes do uso, FERVA A ÁGUA para que germes e bactérias sejam eliminados. “Sentiu alteração, principalmente no odor, MESMO QUE ELA ESTEJA TRANSLÚCIDA, ferva ou use os compostos a base de cloro, que são vendidos nos supermercados, para higienizar os legumes, verduras e frutas”, sugere o consultor.

Se a água que sair da torneira apresentar MUDANÇAS NA COR, Azzoni recomenda que você espere, deixe que ela flua por alguns instantes para ver se tudo normaliza. “Se isso não acontecer, faça uma reclamação na distribuidora e compre galões. Não se esqueça de guardar os protocolos com data e horário do contato”, fala.

Geralmente, independente se você mora em uma casa ou edifício, a água chega tanto pela rua quanto pelo estoque interno. “Na caixa d’água, mesmo que chegue suja, acontece a decantação, e a sujeira acaba indo para o fundo. Ela desce mais limpa”, afirma.

A CADA SEIS MESES é necessário fazer a MANUTENÇÃO E HIGIENIZAÇÃO das caixas d’água. “É importante, ainda mais com as mudanças de pressão no abastecimento. Verifique se entrou algum bicho e mantenha-as SEMPRE TAMPADAS”, alerta.

No caso de condomínios, nas reuniões periódicas, pergunte se existem relatórios desses procedimentos. Se notar alguma alteração, avise o zelador e o síndico e peça para que seja averiguado se o problema está acontecendo DENTRO O FORA DAS INSTALAÇÕES do edifício.

Os filtros da casa também precisam de manutenção e higienização. “As pessoas compram e acham que eles não precisam dessa atenção. Olhar as instruções do fabricante ou mesmo procurá-los é a melhor opção”, conta o consultor da Nautika, GUILHERME BRAZIEL.

Independente do tipo de filtro que você e sua família usam, as velas sejam trocadas A CADA TRÊS MESES. “Se você perceber que ela começa a ficar manchada, substitua”, diz Azzoni.

Foto: moodboard/moodboard

ARMAZENANDO ÁGUA

Ao comprar água em galões ou garrafas pet, não se esqueça de armazená-las em locais COM POUCA LUZ SOLAR. Desta forma, você vai garantir a qualidade dela. Com o sol, principalmente os galões podem facilitar o surgimento de algas e, consequentemente, a contaminação. “Se perceber que ficou verde, não consuma de maneira alguma”, indica Azzoni.

Caso você for ESTOCAR ÁGUA DA SUA RESIDÊNCIA, atenção para os recipientes plásticos. “Eles podem soltar alguns componentes químicos”, afirma Braziel. Além disso, não se esqueça de tampá-los, evitando a proliferação dos mosquitos da dengue.

Se você costuma armazenar o líquido em um squeeze para levar para a academia, durante a caminhada ou mesmo deixar na mesa de trabalho, saiba que sem a higienização correta a qualidade pode ficar comprometida. “No bocal, acontece o acúmulo de saliva, germes e bactérias. Isso contamina inclusive a água. HIGIENIZE BEM, MESMO SENDO SÓ VOCÊ QUEM BEBE DAQUELE RECIPIENTE”, fala Azzoni.  As garrafas que ficam na geladeira, por exemplo, também necessitam deste cuidado.

Já quem prefere ter sempre à mão garrafas descartáveis deve ficar atento ao TEMPO DE REUTILIZAÇÃO DAS MESMAS. “Use por NO MÁXIMO DEZ VEZES, coloque esta data limite. Esse tipo de plástico se torna poroso, mesmo lavando, e acaba perdendo sua eficiência”, indica o consultor.

Fonte: Daquidali

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes