O coração de homens e mulheres não envelhece da mesma forma

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Até o coração de homens e mulheres envelhece diferente. Esta descoberta pode ter implicações no tratamento de doenças cardíacas. Este relato é de pesquisadores da Johns Hopkins University, publicado na revista Radiology, depois que eles vasculharam os resultados de um estudo longitudinal, que acompanhou quase 3.000 homens e mulheres, por cerca de uma década.

Eles verificaram que o músculo cardíaco em torno do ventrículo esquerdo, que bombeia o sangue por todo o corpo, se tornou maior e mais espesso nos homens, enquanto nas mulheres, tendeu a permanecer do mesmo tamanho ou mesmo diminuiu. Ao longo do tempo, seu volume também diminuiu mais em mulheres, o que eles dizem ser uma “fascinante discrepância”. Um pesquisador sênior diz: “nossos resultados são uma importante demonstração do conceito de que doenças cardíacas podem ter uma fisiopatologia em homens e mulheres, o que gera a necessidade de tratamentos personalizados que abordem as diferenças biológicas mais importantes”.

Este é o primeiro estudo a longo prazo que usa ressonâncias para observar a estrutura e a função do ventrículo esquerdo. Como mulheres raramente são incluídas em pesquisas de coração, esta foi a primeira a observar as diferenças. (Só no ano passado, o National Institutes of Health anunciou uma mudança em sua política que exige que qualquer estudo financiado, use células masculinas e femininas e as mulheres sejam incluídas em ensaios clínicos, relata a Vice).

Outro pesquisador diz que seus resultados trazem uma série de novas questões: “Os tratamentos relacionados com as alterações de forma talvez precisem ser diferentes, assim como o tratamento para a insuficiência cardíaca em homens e mulheres, por exemplo. Esta é a primeira vez que fizemos esta observação, então, serão necessárias mais pesquisas para entendermos o que causa isso”.

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes