Medo das rugas é maior que de câncer, afirma estudo

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Quem ainda se arrisca nas máquinas de bronzeamento artificial já choca pela falta de responsabilidade com a própria pele. Ma a situação é pior do que isso: um estudo americano descobriu que mulheres jovens deixariam a prática de lado se soubessem que há grande risco de ganharem rugas! A vaidade é maior que a preocupação com o câncer de pele – com suas suas cirurgias, cicatrizes, quimioterapia e até a morte.

Esse mesmo estudo descobriu uma redução no número de usuárias que foram avisadas quanto às rugas que a irradiação da máquina pode causar. Saber que as câmaras de bronzeamento aumentam em 75% o risco de câncer de pele não foi suficiente. “Elas não estão preocupadas com o câncer de pele, mas sim em ficarem menos atraentes”, disse June Robinson, professora de dermatologia da Northwestern University Feinberg School of Medicine, autora do estudo, já publicado no “Archives of Dermatology”. “O medo de ficar feia é maior que todos os outros”.

A pesquisa, feita com 435 universitárias, entre 18 e 22 anos que fazem bronzeamento artificial, mostrou que avisar sobre os efeitos na aparência causou 35% de queda nas visitas em clínicas. Joel Hillhouse, outro autor da pesquisa, afirmou que algumas das que participaram da pesquisa até deixaram o advento hi-tech para trás.

Fonte: Vila Mulher

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes