Estudo mostra que se a parceira for atraente, os homens dispensam a camisinha

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

USAR PRESERVATIVO NAS RELAÇÕES SEXUAIS COMO MODO DE PREVENIR DOENÇAS E INFECÇÕES é algo altamente difundido. Ainda assim, há quem se esqueça disso ou, simplesmente, opte por não utilizá-la, como mostra um estudo recente realizado pelas Universidades de Southampton e Bristol, no Reino Unido. Nele, os pesquisadores constataram que, mais precisamente, os HOMENS TENDEM A DESCONSIDERAR A CAMISINHA QUANDO ACHAM QUE A PARCEIRA É SEXY.

Num total, 51 candidatos heterossexuais com idade entre 18 e 69 anos fizeram parte das análises conduzidas. Ao serem apresentados às fotos dos rostos de 20 mulheres, eles tiveram que classificar o grau de atratividade, de 0 a 100. Após esse processo, precisaram estimar a probabilidade de cada uma delas ter algum tipo de DST (DOENÇA SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEL), e avaliar o quão dispostos estariam a fazer sexo seguro com elas.

Mesmo tendo consciência sobre trasnmissão de DSTs, homens dispensam camisinha na hora da relação sexual FOTO: thinkstock

Quanto mais perto o indivíduo chegava de dar uma nota 100 para os retratos que gostava, mais propenso estava a não usar o preservativo – mesmo acreditando que a outra pessoa pudesse, eventualmente, estar contaminada e passar adiante o problema.

Isso significa dizer que AS DECISÕES MASCULINAS QUANDO SE TRATAM DO ATO SEXUAL ESTÃO BASEADAS NA VONTADE DE REPRODUZIR COM AS FÊMEAS MAIS ATRAENTES; ou seja, os padrões de saúde e prevenção ainda estão ligados à beleza alheia. Fora isso, mesmo tendo ciência de que a escolha poderia ser arriscada, os mesmos participantes confirmaram que não tomariam medida adicional alguma para se protegerem.

Os pesquisadores querem, agora, empregar as constatações para AUMENTAR A CONSCIENTIZAÇÃO DOS ALUNOS e, principalmente, reforçar as orientações dadas pelos professores e familiares. Afinal, SEXO TEM QUE SER COM CAMISINHA!

Fonte: Daquidali

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes