Como congelar e preservar alimentos para evitar o desperdício

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A conservação de alimentos em temperaturas baixas tem sido praticada desde os primórdios da humanidade, embora não tão facilmente quanto hoje. Com a perspectiva de passar algumas semanas em casa devido à quarentena e a incerteza quanto ao abastecimentos dos mercados, muitas pessoas adiantaram a compra do mês, o que facilmente pode levar ao desperdício. Para evitar que isto aconteça, é importante saber como congelar adequadamente os alimentos e quanto eles duram no freezer.

Na internet, existem muitas tabelas e imagens que indicam quanto tempo cada alimento permanecerá bom no congelador. Mas o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos mostra que esses guias não devem ser usados como referência de segurança, mas sim de qualidade do produto. “Comida guardada no freezer a 18 ºC sempre será segura. O que muda é a qualidade ao longo do tempo no congelador”, explicam. Confira a seguir algumas dicas para manter o alimento congelado de forma segura e saborosa!

1. Antes de congelar…
É importante destacar que a comida deve ser congelada no auge do seu frescor. Para saber se seu alimento ainda está em boa qualidade ao descongelar, primeiro cheque o cheiro. Se estiver forte, é melhor jogá-lo fora. Pode ser que com o tempo o alimento fique com uma forma feia, mas isso não quer dizer que não possa ser comido. Quando for assim, use-o em vitaminas ou sopas.

2. Utilize as tabelas
Embora não sejam indício de seguranças, as tabelas são boas para saber por quanto tempo a comida terá a mesma qualidade de quando foi congelada. Por exemplo, depois de 6 meses no congelador, uma banana não terá a mesma textura e sabor exato de uma banana fresca, mas isso não quer dizer que ela faça mal à saúde. Colocar os alimentos no congelador é uma forma de preservá-los em relação ao crescimento de microorganismos que provocam doenças.

3. Temperatura ideal do freezer
18 ºC é a melhor temperatura para congelar alimentos a longo prazo. Leve isso em conta na hora de programar o seu freezer. Se você achar que o sorvete fica muito duro e difícil servir com a colher, armazene-o na porta. Ali, a temperatura não é tão baixa. Não prejudique a qualidade dos outros alimentos por causa dele.

4. Não deixe o congelador vazio
Um freezer cheio mantém a temperatura melhor do que um vazio. Isso acontece porque os alimentos congelados também produzem uma massa de ar frio. Toda vez que você abre a porta, esses alimentos ajudam o eletrodoméstico a manter a temperatura e ele precisa fazer menos esforço para eliminar o ar quente que entrou. Apesar de ser melhor ter um freezer cheio de alimentos, não é bom que ele esteja completamente lotado. O ar precisa de espaço para circular lá dentro.

5. Embrulhe os alimentos corretamente
Não importa se você usa papel-alumínio, filme plástico ou saquinhos. Na hora de proteger os alimentos para congelar, o importante é envolvê-los de forma bem justa para eliminar qualquer ar em volta, para não prejudicar o alimento. A mesma dica vale para aqueles armazenados em potes com tampas. Nesses casos, você deve preencher o recipiente quase até o topo. Deixe apenas o espaço suficiente para que o alimento expanda após o congelamento sem levantar a tampa.

6. Fique atento ao tempo de congelamento
Sim, alimentos congelados também têm prazo de validade. Após um longo tempo no freezer, você vai notar que o sabor e a textura não serão os mesmos. Por isso, na hora de congelar, é importante etiquetar cada um deles com uma breve descrição e a data em que foi congelado. Também não deixe de organizar os mais antigos à frente, para que sejam usados primeiro.

Fonte: Casa e Jardim

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes