Vettel confirma conversas com Renault e se diz disposto a retornar para a RBR

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Às vésperas do GP da Estíria, no Circuito de Spielberg, Sebastian Vettel voltou a responder perguntas sobre seu futuro. Com o fim de sua relação com a Ferrari, o tetracampeão ainda se mantém reticente à respeito de sua permanência na categoria, e além de confessar que estaria disposto a retornar para a RBR caso recebesse um convite, ainda revelou que chegou a conversar com a Renault – que acabou optando por Fernando Alonso para 2021.

– Sim, eu conversei com eles (Renault) mas obviamente não chegamos a um ponto concreto o suficiente, ou conversas reais e fundamentais. Como vocês viram, eles foram em uma direção diferente. Isso não muda muita coisa para mim. Realmente depende da minha decisão, a qual eu não me sinto pressionado a tomar nos próximos dias – confirmou o piloto da Ferrari.

Da última vez que abordou a questão, na coletiva de pilotos do GP da Áustria, na última semana, Vettel declarou que considera todas as opções para o seu futuro, seja a permanência na F1, um ano sabático ou até mesmo a aposentadoria.

Aos 33 anos, o tetracampeão confessou ter recebido com surpresa a notícia de que sua parceria com a Ferrari seria descontinuada após cinco temporadas. Na ocasião, ele contou que foi avisado por telefone, informação confirmada pelo chefe da escuderia italiana, Mattia Binotto. Embora pressionado, o Vettel continua firme em sua escolha de fazer a escolha decisiva quando considerar melhor, mas não deixou de lembrar que ainda se considera forte:

– Quero tomar o tempo que precisar para decidir. Tudo é uma opção no momento, mesmo continuar, tirar uma pausa ou me aposentar. Não é segredo que eu continuo competitivo. Alcancei muita coisa nesse esporte e tenho interesse em continuar alcançando mais, não apenas fazendo parte dele. Vamos ver o que pode acontecer.

Antes de assinar com a Ferrari, em 2015, Vettel correu pela RBR, equipe pela qual venceu seus quatro títulos mundiais e que o revelou. Depois de um período difícil, principalmente com o fornecimento dos motores da Renault, a marca voltou a crescer na F1, sendo uma das protagonistas da briga por vitórias e campeonatos. O alemão reconheceu a qualidade da equipe e confessou que, se fosse convidado, não rejeitaria a possibilidade de retornar para a gestão de Christian Horner e Helmut Marko.

Consultor da RBR na Fórmula 1, Helmut Marko cumprimenta Sebastian Vettel após a conquista do tetra — Foto: Agência Getty Images
Consultor da RBR na Fórmula 1, Helmut Marko cumprimenta Sebastian Vettel após a conquista do tetra (Fotos: Reprodução)

– Eles são um time muito forte, sei o quão fortes são desde o passado. Sei porque eles foram fortes e eles continuam competidores. É um carro com o qual você pode vencer, então com certeza seria interessante. Como eu disse antes, é um carro vencedor, e como eu também já disse, estou aqui pra competir e ganhar. Então provavelmente a resposta seria sim – revelou o alemão.

No entanto, o consultor da equipe austríaca já descartou a possibilidade de proposta a Vettel, embora a vaga de Alexander Albon não esteja confirmada para 2021. Max Verstappen, titular da equipe, possui contrato até 2023.

– Não há lugar para Sebastian em nossa equipe. Se eu fosse ele, descansava um ano e olhava as coisas de fora – disse Marko ao portal Auto Motor und Sport”.

Em maio, a Ferrari anunciou que o contrato de Vettel não seria renovado e confirmou, posteriormente, que ele seria substituído por Carlos Sainz, hoje na McLaren. Binotto justificou a decisão como uma medida necessária dada às consequências da pandemia do coronavírus na temporada da F1, que motivaram a mudança da implementação do novo regulamento para 2022.

Com a definição das duplas para o próximo ano, o espaço para a permanência do tetracampeão vai se reduzindo. Entre as principais equipes, a Mercedes confirmou a intenção de manter a dupla formada por Lewis Hamilton e Valtteri Bottas para 2021, assim como a McLaren, que disputará a próxima temporada com Lando Norris e Daniel Ricciardo. A Renault, uma das últimas opções de Vettel, correrá no ano que vem com Esteban Ocon e Fernando Alonso, de volta à categoria depois de dois anos.

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes