Thiago Camilo e Bruno Baptista vencem a rodada dupla do Velo Città; Serra garante duplo pódio e lidera a Stock Car

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Na tarde deste domingo, Thiago Camilo e Bruno Baptista sagraram-se campeões da primeira e segunda rodada, respectivamente, do Velo Città, evento que marcou a décima etapa desta temporada. Apesar de não ter conquistado o topo do pódio em nenhuma das corridas, Daniel Serra foi o terceiro colocado em ambas e se isolou na liderança da Stock Car.

Sob muita chuva, os pilotos apostaram em estratégias diferentes para vencer a primeira prova. Felipe Fraga, que ficou na liderança uma boa parte do trajeto, optou por não trocar os pneus quando a pista secou e, por conta disso, passou a andar quarto segundos acima de Camilo. O paulista explicou a tática da sua equipe.

“O clima adverso já era esperado. Seria uma decisão complicada no momento do pit entre colocar pneu de seco ou não. Tivemos tranquilidade, estendemos a parada e conquistamos nossa quinta vitória na corrida 1. O campeonato está difícil mas não impossível. Perdi campeonatos mais favoráveis e corrida é assim mesmo. Mesmo fazendo bons pontos durante o fim de semana, não depende só de mim”, destacou.

Na corrida derradeira da etapa, Bruno Baptista, que tinha terminado em oitavo na primeira, largou em terceiro e manteve a posição até os pitstops. A partir de então, o jovem de 22 anos surpreendeu a todos e ultrapassou Diego Nunes e o então líder Átila Abreu. Após o triunfo, o piloto da Fortec Motorsport, que recebeu a bandeirada com 1s445 de vantagem para o vice-líder, comemorou o feito inédito.

“Estou muito feliz. Batemos duas vezes na trave mas nessa a bola entrou. A gente sabia que viria. Estava trabalhando muito e a equipe muito dedicado. Quem trabalha muito colhe os resultados. Desde o primeiro treino a gente teve esse tipo de situação de pista e foi igual para todo mundo. Fomos bem na classificação, apesar de achar que dava para ter ido ao Q3 e o importante é a constante evolução. Segurei o Barrichello e o Cacá na corrida 1 e consegui guardar carro no final da corrida 2 para atacar os líderes e deu tudo certo. Foi perfeito”, analisou.

A penúltima etapa da Stock Car é em Goiânia, com rodada dupla no dia 24 de novembro.

Corrida 1 em Mogi Guaçu:

1 . Thiago Camilo ( Ipiranga Racing ), 25 voltas em 45:25:00
2 . Gabriel Casagrande ( Crown Racing ), a 8.000
3 . Daniel Serra ( Eurofarma RC ), a 15.566
4 . Cacá Bueno ( Cimed Racing ), a 16.196
5 . Julio Campos ( Prati-Donaduzzi Racing ), a 18.902
6 . Ricardo Zonta ( Shell V-Power ), a 20.328
7 . Felipe Fraga ( Cimed Racing ), a 21.851
8 . Bruno Baptista ( RCM Motorsport ), a 27.585
9 . Diego Nunes ( KTF Sports ), a 28.070
10 . Átila Abreu ( Shell V-Power ), a 29.618

Corrida 2 em Mogi Guaçu:

1 . Bruno Baptista ( RCM Motorsport ), 28 voltas em 47:29:00
2 . Diego Nunes ( KTF Sports ), a 1.445
3 . Daniel Serra ( Eurofarma RC ), a 1.611
4 . Ricardo Maurício ( Eurofarma RC ), a 2.635
5 . Ricardo Zonta ( Shell V-Power ), a 10.387
6 . Rubens Barrichello ( Full Time Sports ), a 11.223
7 . Julio Campos ( Prati-Donaduzzi Racing ), a 11.621
8 . Cesar Ramos ( Blau Motor Sports ), a 12.233
9 . Cacá Bueno ( Cimed Racing ), a 15.678
10 . Átila Abreu ( Shell V-Power ), a 17.630

Classificação do campeonato:

1 – Daniel Serra – 305 pontos
2 – Ricardo Maurício – 291 pontos
3 – Thiago Camilo – 281 pontos
4 – Rubens Barrichello – 264 pontos
5 – Julio Campos – 255 pontos
6 – Felipe Fraga – 244 pontos
7 – Gabriel Casagrande – 223 pontos
8 – Cacá Bueno – 213 pontos
9 – Bruno Baptista – 163 pontos
10 – Max Wilson – 140 pontos

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes