STJD anula punição de Moisés em jogo do Palmeiras no Paulistão

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) anulou nesta quinta-feira a punição imposta pelo Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD-SP) ao meia Moisés, do Palmeiras. A entidade máxima do direito esportivo brasileiro considerou descabida a decisão de afastar o camisa 10 dos gramados por quatro partidas.

“O que me parece é que o Moisés não fez nada e, se o fez, o artigo 58-B (do Código Brasileiro de Justiça Desportiva) não permite que seja averiguada pela Justiça Desportiva. Se o árbitro não viu, precisa ser algo grave para que possamos avaliar. Entendo que deve ser absolvido”, disse o procurador-geral Felipe Bevilacqua.

“A súmula do jogo nada relatou sobre os fatos. Pelas imagens o atleta Moisés nada fez. Voto para absolver o atleta do Palmeiras”, justificou o relator do processo, o auditor José Perdiz.

No último dia 23 de fevereiro, em jogo válido pela oitava rodada do torneio estadual, Palmeiras e Santos duelaram no Allianz Parque. No primeiro tempo do empate sem gols entre os rivais, Moisés e Gustavo Henrique se estranharam após a marcação de uma falta e acabaram denunciados no TJD-SP.

Inicialmente, os dois jogadores foram punidos com um jogo de suspensão pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-SP). Insatisfeito com a medida, o Palmeiras recorreu e, no Pleno do órgão, ambos tiveram suas penas aumentadas para quatro partidas.

A decisão causou revolta no Palmeiras, rompido com a Federação Paulista de Futebol (FPF) desde a polêmica final estadual de 2018. O clube alviverde, então, resolveu acionar o STJD, que, à princípio, concedeu o efeito suspensivo a Moisés.

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes