Seleção Feminina de Futebol ganha uniforme exclusivo pela primeira vez na história

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Pela primeira vez na história, a Seleção feminina de futebol tem um uniforme exclusivo. O modelo foi lançado nesta segunda-feira (11), em evento da Nike, na França e será utilizado na Copa do Mundo, que acontece em julho, também no país europeu. Até agora, a Seleção utilizava o mesmo uniforme do time masculino.

Na apresentação dos uniformes, o Brasil foi representado por Adriana Silva, atacante do Corinthians e artilheira da última edição do Campeonato Brasileiro e Debinha, que defende o North Carolina Courage, que disputa a Liga nacional americana. Além delas, atletas de outros países patrocinados pela Nike também estiveram presentes, entre elas, Alex Morgan, dos Estados Unidos, Kadeisha Buchanan, do Canadá e Lucy Bronze, da Inglaterra.

Além da Nike, a Adidas também promoveu modelos exclusivos para as seleções que patrocina e vão participar do Mundial. A Adidas ainda fez mais, divulgou na última semana que igualou as premiações entre homens e mulheres do bônus pago a vencedores da Copa do Mundo. Dessa forma, assim como os atletas campeões do mundo pela França, em 2018, as atletas patrocinados pela marca que eventualmente conquistarem a Copa da França receberão o mesmo valor de premiação.

No uniforme brasileiro pode se destacar uma frase nas costas da gola: “Mulheres Guerreiras do Brasil”.

O Brasil participa da Copa do Mundo a partir do dia 9 de junho, quando estreia diante da Jamaica, em Grenoble, na França. A Seleção, no entanto, não está entre as favoritas para ser campeã no Mundial.

Novas camisas da seleção feminina (Foto: Nike/CBF)

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes