São Paulo vence Palmeiras de virada na primeira final da Supercopa Sub-20

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O São Paulo saiu na frente na Supercopa do Brasil sub-20, nesta sexta-feira, no Morumbi. Recebendo o Palmeiras pelo jogo de ida da decisão, o Tricolor voltou a mostrar a força de suas categorias de base, superando o rival alviverde por 4 a 3, de virada. Os gols tricolores foram marcados por Fabinho (2), Antony e Gabriel. Artur abriu o placar para o Verdão, Papagaio fez o segundo, de pênalti, e Yan, o terceiro.

Agora, o Palmeiras terá de reverter no jogo de volta a vantagem construída pelo São Paulo. A partida decisiva está marcada para a próxima terça-feira, às 20h (de Brasília), no Allianz Parque. Quem conquistar o título se classifica automaticamente para a Libertadores sub-20 de 2019.

O jogo – O primeiro tempo foi bastante agitado no Morumbi. Logo aos 11 minutos, os donos da casa foram surpreendidos negativamente com o Palmeiras abrindo o placar. Wesley deu ótimo passe em profundidade para Artur, que invadiu a área e tocou na saída do goleiro adversário para estufar as redes e colocar o Verdão na frente.

A vantagem alviverde, no entanto, durou pouco. Aos 22 minutos, Walce fez ligação direta para o campo de ataque, Igor Gomes disputou com a defesa e Fabinho ficou com a sobrea para bater firme, sem chances para Anderson. Não satisfeito, o São Paulo tratou de virar dois minutos depois, quando Toró saiu em velocidade e acionou Antony dentro da área, que só precisou completar de primeira e correr para o abraço.

Ainda deu tempo de o Tricolor marcar mais um e ir para o intervalo em situação confortável. Aos 28 minutos, Caio fez bom cruzamento pelo lado direito, na medida para Fabinho, que subiu mais alto que a defesa palmeirense e cabeceou no canto direito de Anderson, que se esticou todo, mas não conseguiu evitar o terceiro gol são-paulino.

Quem pensava que o São Paulo iria voltar a campo mais relaxado para o segundo tempo se enganou. Mesmo com a boa vantagem no placar, o time comandado por Orlando Ribeiro tratou de tentar matar a decisão já na partida de ida fazendo mais um gol e transformando a vitória parcial em goleada aos oito minutos, quando Diego lançou Antony, que, por sua vez, tocou para Igor. O camisa 7 são-paulino achou Gabriel próximo ao gol e tocou para o companheiro, que dominou e finalizou sem chances para Anderson.

O Palmeiras, entretanto, não se deu por vencido e seguiu procurando, ao menos, diminuir a vantagem do rival. De tanto insistir, o time alviverde foi premiado aos 23 minutos, quando o árbitro da partida marcou pênalti após dividida do zagueiro Filipe com o atacante Airton. Na cobrança, Papagaio bateu no canto oposto do goleiro Junior para descontar para o Verdão.

Embalados pela reação no segundo tempo, os jogadores do Palmeiras ainda chegaram a fazer o terceiro gol com Yan, que recebeu de Ayrton, fez boa jogada individual e bateu cruzado, no cantinho de Junior, que se esticou todo, mas não evitou o tento dos visitantes. A resposta alviverde, porém, parou por aí, mas, ao menos, o que era uma goleada acabou convertido em uma derrota relativamente “normal”.

 

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes