Santos vence o São Bento por 4 a 0 em Sorocaba

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O Santos dominou o São Bento por completo e venceu por 4 a 0 na noite desta quinta-feira, em Sorocaba. Os gols foram marcados por Jean Mota, Derlis González, Soteldo e Copete.

O Peixe abriu o placar logo aos 15 segundos, com Jean, e terminou a partida da mesma forma: com linhas altas e pressão sobre o adversário a todo tempo. O Alvinegro não parou de atacar.

Com duas vitórias em dois jogos, o Santos volta a campo para o clássico contra o São Paulo, domingo no Pacaembu. Depois de um empate e uma derrota, o São Bento visitará o Ituano, na segunda-feira.

O JOGO

Nem o torcedor mais otimista do Santos esperaria um início tão bom. Logo aos 15 segundos, Jean Mota aproveitou cruzamento de Victor Ferraz, girou e bateu bonito para abrir o placar.

O gol não fez o Peixe recuar e o domínio continuou. O Alvinegro empilhou chances, principalmente com Jean e Derlis González. E o segundo não demorou a sair.

Jean Mota armou o contra-ataque em ótimo lançamento para Derlis. O paraguaio entortou Diego Ivo e chutou por baixo das pernas do goleiro Renan para ampliar, aos 18′.

E nem o 2 a 0 freou o Santos. Os visitantes seguiram com as linhas altas, posse de bola e marcação pressão no adversário. O São Bento só assustou no jogo aéreo e chegou a acertar o travessão com Ewerton Pascoa. Enquanto isso, o Peixe assustou em finalizações de longe de Diego Pituca, Carlos Sánchez e Jean Mota.

DOIS VIRA, QUATRO ACABA

O cenário para o segundo tempo não se alterou. O São Bento se lançou ao ataque e ficou mais com a bola, mas o Santos seguiu no controle.

O placar encaminhado fez Sampaoli testar uma formação sem centroavante, com Soteldo na vaga de Felippe Cardoso logo no início da segunda etapa. E deu certo.

Depois de um tempo de “ensaio”, Soteldo tabelou com Derlis e encobriu Renan em belo cartão de visita na estreia. 3 a 0 aos 24 minutos.

3 a 0, dá para administrar e diminuir o ritmo? Para Sampaoli, não. Enérgico, o argentino seguiu cobrando ofensividade do Santos. E o quarto gol aos 32, quando Copete aproveitou cruzamento de Orinho para marcar.

Aos 34, um susto: Vanderlei quis driblar Tiago Luis, se enrolou e depois defendeu a finalização do ex-santista. A torcida apoiou o goleiro. Daí em diante, o Santos não criou mais oportunidades claras e terminou “só” no 4 a 0. Domínio completo.

FICHA TÉCNICA – São Bento 0 x 4 Santos

Data: 24 de janeiro de 2019

Local: Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba (SP)

Horário: 19h15 (de Brasília)

Árbitro: Thiago Duarte Peixoto

Assistentes: Vitor Carmona Metestaine e Marco Antonio de Andrade Motta Junior

Público e renda: 8.619/R$ 317.260,00

Cartões amarelos: SANTOS: Diego Pituca.

GOLS – Santos: Jean Mota e Derlis González, aos 15 segundos e 18 minutos do 1T, e Soteldo e Copete, aos 24 e 32 minutos do 2T.

SÃO BENTO: Renan, Edson Ratinho, Ewerton Páscoa, Diego Ivo e Marcelo Cordeiro; Fábio Bahia, João Paulo e Paulinho (Joãozinho); Alex Maranhão (Tiago Luis), Mazola (Eder Luis) e Alecsandro

Técnico: Marquinhos Santos

SANTOS: Vanderlei, Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Orinho; Alison, Diego Pituca e Jean Mota (Copete) e Carlos Sánchez; Derlis González (Kaio Jorge) e Felippe Cardoso (Soteldo)

Técnico: Jorge Sampaoli

 

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes