Santos tenta surpreender na Copinha

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O Santos sempre foi um clube conhecido por apresentar uma categoria de base de qualidade. No entanto, a temporada de 2018 acabou não condizendo com essa fama. Após eliminações frustrantes na Copa São Paulo de Futebol Júnior e nas principais competições da categoria, a equipe encerrou o ano com uma participação pífia na Copa-RS e uma grande polêmica.

Com apenas um ponto conquistado na fase de grupos do tradicional torneio disputado no Rio Grande do Sul, o elenco se despediu do técnico Leandro Mehlich, que foi demitido pela diretoria santista após ter um áudio vazado em que criticava os seus comandados.

“Time é fraco, time é ruim, geração que não ganhou p… nenhuma. Tento fazer o máximo, trabalhar, dar conteúdo, mas no final das contas chegam no limite deles e não têm como evoluir mais. Vamos ver, esperar para fazer um bom papel na taça, é a minha função, faço o melhor que eu sei fazer. Tenho que resolver os problemas e estou tentando”, declarou Leandro no áudio vazado.

Apesar de ter dito à Gazeta Esportiva que o vazamento do áudio foi algo planejado para mexer com o brio dos jogadores, o clube optou pelo desligamento do profissional e escolheu o ex-comandante do sub-15, Emerson Ballio de Matos, para cumprir a função durante a Copa São Paulo.

“Por mais que eu tenha assumido recentemente, alguns jogadores já trabalharam comigo, e isso facilita bastante. O Leandro deixou um trabalho interessante, que estamos dando continuidade. Estamos tendo uma atenção mais no aspecto emocional dos jogadores que é muito importante, para que a gente possa superar os problemas que aconteceram”, avaliou o novo treinador.

Apesar de todos os problemas, o Santos contará com alguns jovens promissores em seu elenco que podem chamar a atenção durante a competição. Dentre esses nomes o mais conhecido da torcida acaba sendo o de Yuri Alberto.

Tratado como uma promessa da base santista, o centroavante fazia dupla com Rodrygo na categoria, porém, diferentemente do companheiro, que já foi negociado com o Real Madrid, ainda não conseguiu repetir os níveis de atuação que tem na base entre os profissionais.

No começo da temporada, quando a equipe ainda era comandada por Jair Ventura, Yuri chegou a receber alguns poucos minutos. Porém, cada vez mais o atleta perdeu espaço no elenco e acabou retornado para o sub-23 do clube, e posteriormente reforçou o time que disputaria a Copa-RS.

Outro atleta para acompanhar de perto nesse time santista é o meia Lucas Lourenço. Com apenas 17 anos, o jogador é presença constante na seleção brasileira de base e é mais um que já recebeu chances de ter treinado com equipe principal do Peixe, porém não chegou a fazer a sua estreia.

Destaque da campanha santista no Mundial Sub-17, na Espanha, com quatro gols em três jogos, o meia acabou sendo prejudicado na temporada devido a uma grave lesão sofrida na coxa direita. Totalmente recuperado, o jogador foi um dos poucos a conseguir chamar a atenção durante as fracas atuações da equipe no último torneio do ano passado.

O desafio santista começa no dia 4 de janeiro, contra o Sergipe. Além da equipe sergipana, o Grupo 25, sediado em Mogi das Cruzes, conta com o União Mogi e São Caetano.

 

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes