Santos só empata com o Fluminense no Maracanã

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Fluminense e Santos empataram em 1 a 1 na noite desta quinta-feira, no Maracanã, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols foram marcados por Soteldo e Lucas Veríssimo (contra).

O Peixe teve um a mais na segunda metade da etapa final, após a expulsão de Digão, mas não conseguiu desempatar. A noite também contou com discussão áspera entre Oswaldo de Oliveira e Paulo Henrique Ganso. Substituído, o meia chamou o técnico de burro. A resposta foi “vagabundo”. A torcida ficou com o jogador e pediu a saída do treinador.

Com o empate em casa, o Fluminense sai da zona de rebaixamento e é o 16ª, com 19 pontos. O Santos segue em terceiro, com 38, a sete do Palmeiras e a 10 do Flamengo, cada vez mais longe da briga pelo título.

O Tricolor voltará a campo para enfrentar o Grêmio, domingo, novamente no Maracanã. No mesmo dia, o Santos receberá o CSA, na Vila Belmiro. Os jogos são válidos pela 22ª rodada do Nacional.

O JOGO

O Santos foi melhor durante a maior parte do primeiro tempo. O Peixe ficou perto de abrir o placar aos 10 minutos, quando Derlis González recebeu de Eduardo Sasha, não viu Uribe sozinho e finalizou em cima de Muriel. Aos 13, Felipe Jonatan invadiu a área, ganhou de Digão e também parou no goleiro do Fluminense.

Após a pressão inicial do Alvinegro, o Tricolor equilibrou as ações e assustou quando o placar marcava 25: Ganso viu Gilberto sozinho e o lateral-direito chutou torto.

E quando tudo parecia caminhar para o empate sem gols no intervalo, Soteldo apareceu. O camisa 10 recebeu pela esquerda, passou por Nino e Gilberto e deslocou Muriel. Um golaço no Maracanã.

O Fluminense sentiu o gol, a torcida passou a protestar e, mesmo assim, os donos da casa empataram. E num acaso. Derlis foi fominha no ataque, puxou o contra-ataque do rival e Nenê cruzou. Lucas Veríssimo cabeceou para trás e balançou as redes de Everson.

SEGUNDO TEMPO

A etapa final começou morna e só teve emoção aos 17 minutos – e fora de campo. Ganso foi substituído para a entrada de Daniel e discutiu feio com Oswaldo de Oliveira. O meia chamou o técnico de “burro”. A resposta veio com “vagabundo”.

Aos 19, a primeira chance do Fluminense. Allan arriscou de longe e Everson espalmou para escanteio. E no minuto 26, uma boa notícia para o Santos: Digão deu um chute em Marinho e foi expulso após checagem no VAR.

O Peixe se lançou ao ataque e quase desempatou aos 33: Felipe Jonatan dribla Frazan e para novamente em Muriel, dessa vez com cavadinha na pequena área.

Aos 43, em escapada de Allan, o Tricolor quase virou. No minuto seguinte, Sasha recebeu passe de Sánchez e, livre, bateu por cima. Ainda deu tempo de Veríssimo cabecear para fora aos 46 e Frazan ser expulso aos 47. Marinho recebeu o segundo amarelo no último lance. No fim das contas, porém, o empate no Maracanã persistiu.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 1 X 1 SANTOS

Data: 26 de setembro de 2019
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Horário: 20h (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaoli (GO)
Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Guilherme Dias Camilo (MG)
VAR: Andre Luiz de Ferreira Castro (GO)
Público e renda: 11.032/R$ 141.015,00
Cartões amarelos: Fluminense: Yuri e Allan. Santos: Alison, Diego Pituca e Marinho
Cartão vermelho: Fluminense: Digão. Santos: Marinho

GOLS:
Fluminense: Lucas Veríssimo (contra), aos 47 minutos do 1T;
Santos: Soteldo, aos 39 minutos do 1T.

FLUMINENSE: Muriel, Gilberto, Nino, Digão e Caio Henrique; Yuri, Allan, Ganso (Daniel) e Nenê (Frazão); Yony (Wellington Nem) e João Pedro
Técnico: Oswaldo de Oliveira

SANTOS: Everson, Lucas Veríssimo, Felipe Aguilar (Victor Ferraz) e Gustavo Henrique; Derlis González (Carlos Sánchez), Alison, Diego Pituca e Felipe Jonatan; Eduardo Sasha, Soteldo e Uribe (Marinho)
Técnico: Jorge Sampaoli

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes