Professor de Muay Thai e sobrinho atleta morrem afogados

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O professor de Muay Thai Richardy de Oliveira, do CT Gold JNeto, morreu afogado após a canoa em que estava durante pescaria na noite desse sábado (7) ter virado na região do Truaru, zona Rural de Boa Vista. Conforme o Corpo de Bombeiros, Richardy ainda conseguiu resgatar o filho, de oito anos, mas na tentativa de salvar o sobrinho, João Vitor Marinho – que auxiliava o tio nos treinos e era faixa-verde de Jiu-Jítsu -, os dois se afogaram.

Richardy de Oliveira, de bermuda preta, na estreia em evento de MMA, em Boa Vista-RR (Foto: Arquivo Pessoal/Cássia Andrade)

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a solicitação para resgate ao acidente com a embarcação foi feita por volta das 23h de sábado (7). Militares da corporação informaram que as três pessoas saíram para pescar, mas teriam sofrido um acidente e, assim, a canoa teria virado.

A primeira tentativa de localizar os ocupantes da embarcação foi realizada ainda durante a noite e, após auxílio de mergulhadores, os corpos do professor Richardy de Oliveira e do sobrinho João Vitor Marinho foram localizados na manhã deste domingo (8), por volta das 10h50, na mesma região em que realizavam a pescaria.

Projeto Social

Richardy de Oliveira, de camisa vinho e, ao lado esquerdo dele, o sobrinho João Vitor — Foto: Arquivo Pessoal
Richardy de Oliveira, de camisa vinho e, ao lado esquerdo dele, o sobrinho João Vitor (Foto: Arquivo Pessoal)

O professor Richardy de Oliveira dava aulas de Muay Thai no CT Gold JNeto, localizado no bairro Jardim Floresta, zona Oeste de Boa Vista. Há cerca de três meses ele iniciou uma parceria com o faixa-marrom Kleiber, conhecido como ‘Grampola’, com aulas de Jiu-Jítsu e MMA. A associação dos dois é um projeto social, visto que atende crianças carentes e migrantes venezuelanos.

Além de professor de Muay Thai, Richardy recentemente iniciou a carreira como lutador de Artes Marciais Mistas. Na primeiras atuação dele, na 1ª edição do Fighter Fest, realizado no dia 8 de junho, Richardy derrotou Raimundo Souza Santiago, hoje, presidente da Federação do Estado de Roraima de Artes Marciais Mistas.

João Vitor, à esquerda, treinava Muay Thai e Jiu-Jítsu — Foto: Arquivo Pessoal/Kleyber Mota
João Vitor, à esquerda, treinava Muay Thai e Jiu-Jítsu (Foto: Arquivo Pessoal/Kleyber Mota)

O jovem João Vitor de Oliveira Marinho, sobrinho do professor Richardy de Oliveira, auxiliava o tio nas aulas de Muay Thai do projeto CT Gold JNeto e, além disso, era faixa-verde de Jiu-Jítsu. De acordo com informações, era previsto a estreia dele em uma luta de MMA, no município do Cantá, ainda esse ano.

Pronunciamento da FJJERR

Em uma rede social, a Federação de Jiu-Jitsu do Estado de Roraima (FJJERR) emitiu nota de pesar pela morte do professor Richardy e do sobrinho, membros do CT Gold JNeto, filiado à entidade.

– A Federação de Jiu-Jitsu do Estado de Roraima – FJJERR, se solidariza com todos os familiares e Equipe do CT Gold PJ Neto. Infelizmente aconteceu essa tragédia com o Professor Rychardy e seu sobrinho, uma grande perda. Os nossos sentimentos e condolências a todos da família, academia e seus alunos – informa a postagem.

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes