Palmeiras vence o Avaí e entra no G4 do Brasileirão; veja os gols

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Toda a pressão da torcida e da diretoria parece ter dado resultado. Com muita disposição, mesmo com o time misto, o Palmeiras derrotou o Avaí por 3 a 1, na Ressacada, e conseguiu melhorar a sua situação na tabela. Com o resultado, o time chegou aos 48 pontos e dormirá no G4, em quarto lugar.

Assim, neste domingo, ficará na torcida contra Santos e São Paulo para não deixar a zona de classificação para a próxima edição da Copa Libertadores. Já o Avaí, em 16º lugar, com 33 pontos, terá que “secar” Coritiba e Goiás para não entrar na zona de rebaixamento.

O técnico Marcelo Oliveira resolveu dar um descanso para boa parte dos titulares, já que na quarta-feira o Palmeiras enfrenta o Fluminense, pela Copa do Brasil, e escalou um time misto. Boa oportunidade para ver em ação por mais tempo, jogadores que a torcida tem pedido para ganharem mais chance, como Mouche e Allione.

O time do Palmeiras esteve longe de ser brilhante, repetiu alguns erros, mas exibiu bem mais disposição do que nos últimos jogos. O gramado do estádio da Ressacada também não ajudou na exibição de um bom futebol. O campo tinha algumas partes que tinham mais lama do que grama, o que dificultou ainda mais o toque de bola.

As duas equipes insistiram nos longos lançamentos e erraram muitos passes. Algo que se mostrou um pouco diferente no lado palmeirense foi a maior movimentação no ataque, com Mouche, Gabriel Jesus, Allione e Cristaldo, que confundiram diversas vezes a marcação.

Alguns jogadores claramente queriam aproveitar a rara chance de mostrar serviço, como Mouche, João Pedro e Allione. Mas também houve aqueles que estavam em baixa e perderam ainda mais pontos como Andrei Girotto e Leandro Almeida.

Apesar das dificuldades na marcação do Palmeiras, o Avaí pouco fez para se aproveitar isso. Os comandados de Gilson Kleina não conseguiam trocar três passes e as poucas chances que tiveram de marcar foram em cruzamentos para a área.

Já o Palmeiras também não chegou tantas vezes, mas foi mais eficiente. Mouche roubou a bola e lançou para Cristaldo. O argentino passou na medida para Gabriel Jesus só teve que empurrar para as redes aos 16 minutos da etapa inicial.

No segundo tempo, o Avaí resolveu sair para o ataque e chegou a pressionar por alguns minutos. O Palmeiras apostava nos contra-ataques e na velocidade de Mouche e Allione, o que deixou a partida com um ritmo mais acelerado.

Em uma dessas jogadas, os argentinos garantiram a vitória. Allione tocou para Cristaldo, que chutou e o goleiro mandou para escanteio. Na cobrança, o meia bateu, o atacante desviou de cabeça e ampliou: 2 a 0.

Parecia tudo sob controle para o Palmeiras, até que André Lima aproveitou cruzamento de Marquinhos e aos 23 descontou, colocando fogo no jogo. Marcelo Oliveira resolveu colocar Dudu para ser boa opção no contra-ataque e deu certo.

Aos 32 minutos, Thiago Santos lançou para o atacante, que no meio de dois defensores conseguiu ficar com a bola, driblar o goleiro e bater com categoria para garantir o resultado e levar um pouco de paz para o Palmeiras.

FICHA TÉCNICA – AVAÍ 1 x 3 PALMEIRAS

AVAÍ – Vagner; Nino Paraíba, Emerson, Jeci e Romário; Adriano (Roberto), Renan, Pablo e Marquinhos (Camacho); Léo Gamalho (Romulo) e André Lima. Técnico: Gilson Kleina

PALMEIRAS – Fernando Prass; João Pedro, Jackson, Leandro Almeida e Egídio; Thiago Santos, Andrei (Amaral), Allione (Rafael Marques), Gabriel Jesus e Mouche (Dudu); Cristaldo. Técnico: Marcelo Oliveira

GOLS – Gabriel Jesus, aos 16 minutos do primeiro tempo; Cristaldo, aos 14, André Lima, aos 23, e Dudu, aos 32 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Marcelo de Lima Henrique (PE)

CARTÕES AMARELOS – Nino Paraíba, Andrei, Adriano, Allione, Thiago Santos, Marquinhos e Dudu

RENDA – R$ 208.224

PÚBLICO – 9.313

LOCAL – Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC).

Fonte: Estadão

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes