Palmeiras tropeça no Atlético-MG e perde chance de disparar; veja o gol

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O Palmeiras perdeu sua invencibilidade como mandante no Campeonato Brasileiro na ensolarada manhã deste domingo. No primeiro jogo sem Fernando Prass e Gabriel Jesus, convocados pela Seleção para as Olimpíadas, o time alviverde acabou derrotado pelo Atlético-MG por 1 a 0 no Palestra Itália.

Com 32 pontos, o Palmeiras segue líder, mas desperdiça a chance de abrir cinco de vantagem, já que o Corinthians empatou com o Figueirense no sábado. Na 17ª rodada, a equipe treinada por Cuca pega o Botafogo. Já o Atlético-MG chega aos 26 pontos, sobe para o sexto lugar e volta a campo conta o Santa Cruz.

Após uma série de seis vitórias e um empate, o Palmeiras amarga a primeira derrota como mandante no Brasileiro – o técnico Cuca estava invicto na arena. Treinado por Marcelo Oliveira, campeão da Copa do Brasil 2015, o Atlético-MG não perde do rival alviverde desde 2011, já que acumula nove vitórias e um empate diante do adversário.

O Jogo – Desfalcado de Gabriel Jesus, que vinha atuando mais perto do gol adversário, Cuca posicionou Dudu centralizado, com Erik e Roger Guedes abertos pelas pontas. Durante o primeiro tempo, sem presença de área, o Palmeiras pouco ameaçou o gol defendido pelo atleticano Victor.

Apoiado em bom número por sua torcida no Palestra Itália, o time visitante levou perigo aos 30 minutos do primeiro tempo. Em uma saída errada de Vitor Hugo, a bola sobrou para Robinho, que limpou a marcação e chutou da entrada da área para boa defesa de Vagner.

Cinco minutos antes do final do primeiro tempo, o time alviverde respondeu. De cabeça, Zé Roberto tocou para Cleiton Xavier. Dentro da área, o camisa 10 ajeitou para Erik. Em uma ação arrojada, o goleiro Victor saiu nos pés do atacante palmeirense e matou o lance.

Os dois times voltaram para a disputa da etapa complementar sem alterações, e o Palmeiras quase saiu na frente logo no primeiro minuto. Após passe de Dudu, Erik arrancou em velocidade pela esquerda, invadiu a área e chutou para defesa de Victor.

Aos 14 minutos do segundo tempo, pouco depois de Matheus Sales substituir o lesionado Thiago Santos, o Atlético-MG inaugurou o marcador. Em uma boa trama do ataque alvinegro, Robinho recebeu de Fred e serviu para conclusão certeira de Leandro Donizete na saída de Vagner.

Em desvantagem no placar, Cuca finalmente colocou um centroavante ao trocar Cleiton Xavier por Lucas Barrios. Em seguida, ele tirou Erik para a entrada de Alecsandro. Com o Atlético-MG posicionado para o contra-ataque, o volume de jogo do Palmeiras aumentou, mas o time atacou de forma desorganizada e não conseguiu empatar.

FICHA TÉCNICA – PALMEIRAS 0 X 1 ATLÉTICO-MG

Local: Estádio Palestra Itália, em São Paulo (SP)
Data: 24 de julho de 2016, domingo
Horário: 11 horas (de Brasília)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Auxiliares: Dibert Pedrosa Moises e Luiz Claudio Regazone (ambos do RJ)
Público: 39.400 pagantes
Renda: R$ 2.935.305,48
Cartões amarelos: Tchê Tchê (PAL); Carlos César e Rafael Carioca (AMG)
Gols:
ATLÉTICO-MG: Leandro Donizete, aos 14 minutos do 2º Tempo

PALMEIRAS: Vagner; Jean, Edu Dracena, Vitor Hugo e Zé Roberto; Thiago Santos (Matheus Sales), Tchê Tchê e Cleiton Xavier (Lucas Barrios); Róger Guedes, Dudu e Erik (Alecsandro)
Técnico: Cuca

ATLÉTICO-MG: Victor; Carlos César, Léo Silva, Erazo e Fábio Santos; Rafael Carioca, Leandro Donizete (Yago), Lucas Cândido e Maicosuel (Luan); Robinho e Fred (Lucas Pratto)
Técnico: Marcelo Oliveira

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes