Palmeiras cede empate a Ponte e vê vantagem diminuir; veja os gols

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A Associação Atlética Ponte Preta permanece invicta na nova arena do Palmeiras. Na tarde deste domingo, com Gabriel Jesus na torcida, o time de Campinas conseguiu um empate por 2 a 2 e reduziu a vantagem do adversário na liderança do Campeonato Brasileiro.

Com 40 pontos ganhos, dois a mais que o Atlético-MG, o Palmeiras ainda permanece na ponta. Na 22ª rodada, às 16 horas (de Brasília) do próximo domingo, a equipe palestrina encara o Fluminense, em Brasília. Já a Ponte Preta faz 31 pontos e volta a campo às 16 horas de sábado para pegar a Corinthians, no Moisés Lucarelli.

Desde a reinauguração do Palestra Itália, realizada em novembro de 2014, a Ponte Preta acumula duas vitórias e um empate no local – Rafael Marques, Thiago Martins, Wellington Paulista e William Pottker marcaram neste domingo. A partir da próxima rodada, o Palmeiras deve contar com o retorno de Gabriel Jesus, campeão olímpico com a Seleção.

O Jogo – À vontade no Estádio Palestra Itália, a Ponte Preta quase abriu o placar logo aos 8 minutos de partida. Em uma jogada pelo lado direito do campo de ataque, Wendel recebeu livre na cara do goleiro Jailson, que saiu de forma arrojada e conseguiu fazer a defesa.

Após o susto inicial, o Palmeiras tomou o controle da partida e marcou aos 15 minutos da etapa inicial. Roger Guedes recebeu de Moisés pela direita, tirou a marcação de Reinaldo com inteligência e cruzou. A bola passou pelo goleiro Aranha e sobrou para Rafael Marques completar.

Cinco minutos antes do final do tempo regulamentar, o Palmeiras levou perigo pela última vez na etapa inicial. Em uma jogada pelo lado direito, Roger Guedes recebeu de Cleiton Xavier, escapou da marcação do zagueiro Fábio Ferreira e bateu por cima do gol de Aranha.

Pouco depois de assustar em um chute de longe de Tchê Tchê, o Palmeiras acabou sofrendo o empate. Aos seis minutos do segundo tempo, em um vacilo da zaga alviverde, Wendel colocou Wellington Paulista na cara de Jailson e o centroavante converteu.

Após defender cabeçadas perigosas de Roger Guedes e Cleiton Xavier, o goleiro Aranha não conseguiu evitar o segundo gol palmeirense. Aos 24 minutos do segundo tempo, Jean cobrou falta pela direita, Rafael Marques escorou e Thiago Martins, também de cabeça, completou para o gol.

A vantagem palmeirense durou pouco, já que a Ponte Preta conseguiu novo empate três minutos depois. Em um rápido contra-ataque, com a defesa alviverde aberta, William Pottker ganhou de Egídio na velocidade e bateu com força para superar o goleiro Jailson. O time visitante soube como se defender até o final e assegurou a igualdade.

FICHA TÉCNICA – PALMEIRAS 2 X 2 PONTE PRETA

Local: Estádio Palestra Itália, em São Paulo (SP)
Data: 21 de agosto de 2016, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-SC)
Auxiliares: Carlos Berkenbrock (SC) e Nadine Schramm Camara Bastos (Fifa-SC)
Público: 29138 pagantes
Renda: R$ 1.866.689,88
Cartões amarelos: Rafael Marques, Thiago Martins e Thiago Santos (PAL); Fábio Ferreira, Reinaldo, Nino Paraíba, Thiago Galhardo, Aranha e João Vitor (PON)
Gols:
PALMEIRAS: Rafael Marques, aos 15 minutos do 1º Tempo, Thiago Martins, aos 24 minutos do 2º tempo
PONTE PRETA: Wellington Paulista, aos 6 minutos do 2º Tempo, e William Pottker, aos 27 minutos do 2º Tempo

Palmeiras: Jailson, Jean, Thiago Martins, Vitor Hugo e Zé Roberto (Egídio); Tchê Tchê, Moisés e Cleiton Xavier (Allione); Roger Guedes (Thiago Santos), Dudu e Rafael Marques
Técnico: Cuca

PONTE PRETA: Aranha; Nino Paraíba, Fábio Ferreira, Douglas Grolli e Reinaldo; João Vitor, Wendel (Abuda) e Maycon (Thiago Galhardo); Clayson, William Pottker (Rhayner) e Wellington Paulista
Técnico: Eduardo Baptista

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes