‘O Santos está engasgado’, diz Rodrigo Caio antes de duelo na Copa do Brasil

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O nome Santos Futebol Clube traz maus pressentimentos para o São Paulo nos últimos 15 anos em confrontos de mata-mata. O jejum diante do rival faz o clube do Morumbi ficar preocupado para enfrentar o adversário de quarta-feira, no Morumbi, pela partida de ida da semifinal da Copa do Brasil. O volante Rodrigo Caio disse nesta segunda-feira que a equipe da Vila Belmiro está “engasgada”.

Em 2015, o São Paulo foi eliminado pelo Santos na semifinal do Campeonato Paulista e no último confronto, pelo Campeonato Brasileiro, perdeu por 3 a 0 na Vila Belmiro. “Para mim, o Santos está engasgado. Quero muito vencer o time deles. É um objetivo de toda a nossas equipe, não só porque perdemos muitos jogos para eles, mas por ser uma semifinal de Copa do Brasil”, disse Rodrigo Caio.

Desde o título na final do Paulista de 2000 o São Paulo não elimina o Santos em mata-mata. Desde então foram seis confrontos, quatro deles por semifinais do Estadual (2010, 2011, 2012 e 2015), um pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana (2004) e outro pelas quartas de final do Brasileiro (2004). O adversário desta quarta-feira ainda está no G4 do Brasileiro graças a uma boa sequência de resultados.

O São Paulo ainda terá de decidir a vaga fora de casa e sabe da necessidade de poder fazer um bom resultado no Morumbi. “Precisamos ter atenção com todo o time do Santos. Eles são rápidos e de muita qualidade. Precisamos anular as melhores alternativas deles de jogo”, afirmou Rodrigo Caio, que elogiou a boa fase de Lucas Lima, santista convocado recentemente para a seleção brasileira.

Rodrigo Caio voltou a atuar como volante desde a chegada do técnico Doriva e no último domingo salvou o São Paulo da derrota em casa para o lanterna do Brasileiro, o Vasco. O jogador confirmou o empate em 2 a 2 com um gol nos minutos finais e admitiu que, para vencer o Santos, será preciso uma atuação mais convincente. “Precisamos mostrar o nosso melhor. A nossa oscilação vem ocorrendo há tempos, então por isso não estamos tendo uma sequência de vitórias”, completou.

Fonte: Estadão

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes